Saúde

Pato Branco, PR °min °max

Secretária Municipal da Saúde: Antonieta Chioquetta.

(46) 9105 – 2652 /  (46) 3213 – 1700 / saude@patobranco.pr.gov.br

 

UNIDADES DE SAÚDE

UPA (46) 3272-2900

Centro (46) 3213 – 1700

Bortot  (46) 3213-1705

Vila Esperança  (46) 3213-1706

Novo Horizonte (46) 3213-1707

Pinheirinho (46) 3213-1708

Morumbi (46) 3213-1709

São Cristóvão (46) 3213-1710

Alvorada (46) 3213-1711

Planalto (46) 3213-1712

São João (46) 3213-1713

PROGRAMAS E AÇÕES

 

UPA 24 HORAS 

Mensalmente, cerca de 7 mil pessoas são atendidas na Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas. A estrutura, além de modernizar a saúde pública do município, oferece atendimento de urgência e emergência através de uma equipe formada por cerca de 100 funcionários, incluindo médicos.

Endereço: rua Marechal Deodoro, 2021, bairro Cristo Rei – (46) 3272-2900.

PROGRAMA PARA REALIZAÇÃO DE CIRURGIAS ELETIVAS

Atender os pacientes em espera é um compromisso da Administração Municipal, que visa liquidar uma demanda constituída desde 2009. Em 2013, a Prefeitura quitou a dívida na ordem de R$ 7 milhões com os hospitais da cidade, medida que possibilitou a realização de um plano permanente para cirurgias eletivas.

Mensalmente, são investidos R$ 427.000,00, sendo R$ 213.500,00 do Município e o restante, do Ministério da Saúde. Por ano, os investimentos chegarão a R$ 5.124.000,00, para realização de 3.588 cirurgias.

PROGRAMA MÃE PATO-BRANQUENSE

As pato-branquenses recebem cuidado preventivo em todos os ciclos da vida. Além do acompanhamento no pré-natal e pós-parto, a Secretaria de Saúde também atende recém-nascidos e crianças. No trabalho preventivo, promove ações para imunizações, planejamento familiar, saúde de adolescentes e sexualidade da mulher. Também promove prevenção e acompanhamento em casos de DSTs, câncer de colo de útero e câncer de mama. As pacientes recebem, ainda, atendimento psicológico e assistência social. O programa realiza, em média, 3 mil atendimentos mensais.

PROGRAMA DE CONTROLE DO TABAGISMO

Atua de acordo com o protocolo do Ministério da Saúde, com grupos de apoio. O tratamento está disponível em todas as unidades de saúde do Município. O objetivo é reduzir o número de fumantes, prevenindo assim diversas doenças. A meta do Ministério da Saúde para cessação é de 30% – Pato Branco possui índices superiores, chegando a mais de 60%.

PROGRAMA DE CONTROLE DA TUBERCULOSE

Em Pato Branco, pessoas com tuberculose recebem atendimento e acompanhamento especializado, através de ações permanentes que identificam e tratam precocemente os casos identificados. O tratamento é ofertado em todas as unidades de saúde do Município.

PROGRAMA DE CONTROLE DA HANSENÍASE

O tratamento é gratuito e pode ser feito em todas as unidades de saúde de Pato Branco. Descrita antigamente como lepra, a Hanseníase ainda acomete muitas pessoas, mas tem cura, desde que devidamente tratada.

PROGRAMA MUNICIPAL DE ATENÇÃO AO ESTOMIZADO

Presta assistência ao estomizado, acolhendo, orientando e auxiliando o paciente e sua família no processo de reabilitação. São disponibilizados materiais como bolsas coletoras e protetores de pele, a fim de facilitar a reintegração social.

PROGRAMA MUNICIPAL DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE FERIDAS

Disponibiliza acesso a produtos de alta tecnologia, os quais oferecem condições para o manejo adequado no tratamento de feridas agudas e crônicas, em nível ambulatorial e domiciliar. São atendidas em média 50 pessoas por mês.

PROGRAMA MUNICIPAL DE OXIGENIOTERAPIA DOMICILIAR

O atendimento é disponibilizado aos portadores de doenças pulmonares crônicas e que necessitam de suporte de oxigênio medicinal.

PROGRAMA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA

Cerca de 15 mil usuários são atendidos mensalmente mediante receita médica e cartão SUS, com o recebimento de medicação de acordo com a padronização de medicamentos do Município.

A Farmácia Central é situada na rua Xingu, nº 229, edifício San Marino, em frente a Panificadora Santa Terezinha. O atendimento no local é das 07h às 19h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo para o almoço.

PROJETO CUIDAR É POSSÍVEL

Visa a reabilitação nutricional de usuários do SUS nas seguintes condições: em tratamento oncológico; idosos com quadro de desnutrição; usuários com dificuldade na deglutição em decorrência de agravamento de quadro clínico; usuários com sequelas de AVC; crianças em quadro de desnutrição; alergias alimentares; crianças cuja genitora está em uso de medicação incompatível com o aleitamento materno; crianças, adultos e idosos que se alimentam por sonda ou por meio da distribuição parcial de dietas industrializadas.

PROJETO VIGILÂNCIA SENTINELA DA INFLUENZA

A vigilância epidemiológica da Influenza acontece através da identificação da circulação de vírus respiratórios, de acordo com a patogenicidade, a virulência em cada período sazonal, a existência de situações inusitadas ou o surgimento de novo subtipo viral. Para tanto, mantém ações permanentes, coletando materiais e informações diagnósticas que são encaminhadas à 7a Regional de Saúde e ao Laboratório Central do Estado (Lacen).

CAMPANHAS DE PREVENÇÃO

A Secretaria Municipal de Saúde promove campanhas preventivas para a saúde do homem e da mulher.

SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

No Município de Pato Branco, a Saúde da Família vem se consolidando como estratégia de reorganização das Unidades Básicas de Saúde, em consonância com as Diretrizes da Política Nacional da Atenção Básica. Atualmente, existem quinze equipes de Estratégia Saúde da Família, algumas delas habilitadas em Saúde Bucal. As equipes estão localizadas nos bairros São Cristóvão, Alvorada, Morumbi, Novo Horizonte, São João, Planalto, Vila Esperança, Pinheirinho, Bortot, no Centro e na comunidade de São Roque do Chopim.

O trabalho conta com o apoio do Núcleo de Atenção à Saúde da Família (NASF), na integralidade do cuidado e acompanhamento longitudinal aos usuários.

NÚCLEO DE ATENÇÃO À SAÚDE DA FAMÍLIA (NASF)

Em Pato Branco, as Equipes de Estratégia Saúde da Família trabalham de forma integrada com o NASF. Além de melhorar o trabalho de prevenção, a população recebe acompanhamento com psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, terapeuta ocupacional, entre outros especialistas.

PRONTO ATENDIMENTO MUNICIPAL – PAM

O atendimento de urgência e emergência é ofertado em caráter de 24 horas. Os profissionais atuam a partir da classificação de risco, que compreende: identificar prontamente urgências e emergências; organizar o processo de trabalho e espaço físico do Pronto Atendimento; diminuir a superlotação; informar a usuários e familiares a expectativa de atendimento e tempo de espera; e esclarecer à comunidade a forma de atendimento de urgências e emergências.

Essa postura de trabalho objetiva, sobretudo: diminuir o risco de mortes evitáveis; extinção da triagem por meio de funcionário não qualificado; priorização de acordo com critérios clínicos e não por ordem de chegada; obrigatoriedade de encaminhamento à rede de atenção; aumento da eficácia do atendimento; redução do tempo de espera; diminuição da ansiedade dos profissionais e usuários; melhoria das relações interpessoais; e padronização de dados para estudos, pesquisas e planejamento.

Acolhimento no Pronto Atendimento Municipal:

Nível de prioridade 1 – Emergência: identificada pela cor Vermelha

Nível de prioridade 2 – Urgência : identificada pela cor Amarela

Nível de prioridade 3 – Encaminhamentos rápidos: identificada pela cor Verde

Nível de prioridade 4 – Não Urgência: identificada pela cor Azul

ESTRUTURA

 CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS – CEO

No local, situado junto à Secretaria Municipal de Saúde, a população encontra atendimento odontológico e preventivo. O atendimento também acontece nas unidades de saúde dos bairros e através das Equipes de Saúde Bucal.

 CENTRO DE REABILITAÇÃO FÍSICA

Atende pacientes com necessidades especiais (físicas) na aquisição de órteses, próteses e meios de locomoção (OPM). A unidade de Pato Branco atende os 15 municípios da 7ª Regional de Saúde, com média de 40 consultas mensais.

LABORATÓRIO MUNICIPAL

Realiza análises clínicas nas áreas de Hematologia, Bioquímica, Urinálise, Parasitologia, Imunologia e Microbiologia. Atende em média 12.500 usuários por mês, para coleta de amostras biológicas, utilizadas na realização de exames laboratoriais.

SERVIÇO DE APOIO À DIAGNOSE E TERAPIA (FICHÁRIO NIS)

O setor atende diretamente a população, realizando o agendamento de consultas e exames (laboratoriais e especializados).

SERVIÇO SOCIAL

Realiza atendimento no Centro de Reabilitação Física para concessão de órteses/próteses, encaminhamento para concessão de prótese auditiva, tratamento fora de domicílio (TFD), concessão de óculos, suporte às unidades de saúde, Mãe Pato-branquense, Pronto Atendimento Municipal e orientações aos usuários.

VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Responsável pelo cadastro de estabelecimentos, emissão de licenças sanitárias, recebimento e atendimento de denúncias, fiscalizações nas áreas de alimentos, saúde, ambiental e saúde do trabalhador. Também atua no combate e controle de endemias, com visitas domiciliares, levantamento de índice, supervisão de campo, análise de larvas, bloqueios, entre outros.