Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Cerca de 4 mil pessoas foram imunizadas na terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza em Pato Branco

Nas três fases da campanha, foram mais de 18, 5 mil pessoas vacinadas

A Prefeitura de Pato Branco, através da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou no dia 09 de maio a terceira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que imunizou no município, até essa terça-feira (19), 3.980 pessoas dos grupos prioritários, que nesta etapa, seguindo recomendação do Ministério da Saúde, está contemplando crianças de 6 meses a menores de 6 anos; pessoas com deficiência; gestantes; puérperas (até 45 dias de pós parto); adultos de 55 a 59 anos de idade e professores de escolas públicas e privadas.

Desde o começo da campanha, antecipada para o dia 23 de março, devido à pandemia do Coronavírus (COVID-19), foram vacinadas nas três etapas 18.581 pessoas em Pato Branco: idosos: 9.659 (129,61%); trabalhadores de saúde: 2.795 (94,87%); portadores de doenças crônicas: 2.030 (60,38%); gestantes: 394 (40,41%); puérperas: 49 (30,62%); crianças de 6 meses a 5 anos: 2.350 (40,06%); professores: 183 (17%); adultos de 55 a 59 anos: 388 (11,23%); trabalhadores do transporte coletivo: 173; caminhoneiros: 138; pessoas com deficiência: 31; população privada de liberdade: 163 (88,10%); funcionários do sistema prisional: 81 (101,25%) e profissionais das forças de segurança e salvamento: 147.

A coordenadora de Educação em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Elys Regina Albani, afirma que os números de imunizados em Pato Branco são ótimos, no entanto, é necessário ampliar a cobertura do grupo de crônicos, crianças, gestantes, puérperas, professores e adultos. “As gestantes devem procurar o serviço para fazer a vacina, pois além de gerar imunidade para si, confere anticorpos para o bebê, já que a criança pode ser vacinada com 6 meses de vida. No caso das puérperas vacinadas, o bebê ficará protegido por meio da mãe, que passará anticorpos pelo leite materno”, explica.

Elys enfatiza que as pessoas com obesidade, do grupo de portadores de doenças crônicas, também procuraram pouco o serviço para vacinação. Conforme o sistema de Vigilância de Fatores de Risco para doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), do Ministério da Saúde, estima-se que 19,8% da população é obesa no Brasil . Em Pato Branco, nesta perspectiva, são aproximadamente 10 mil obesos. “A obesidade elegível para a vacinação contra influenza é com IMC igual ou maior a 40 kg/m3. Pedimos que as pessoas deste grupo venham se vacinar, é extremamente importante”, alerta.

Para você saber se faz parte do grupo elegível para vacinação de doenças crônicas com obesidade, acesse o site da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica e calcule seu IMC

Vacinação segue até 06 de junho

A terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza continuará até o dia 06 de junho, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), na estrutura física do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), exceto as crianças, que são vacinadas na sala de vacina da Unidade de Saúde do Centro. De segunda a sexta-feira, o horário é das 7h às 17h, no CEO e Sala de Vacina Central e, das 08h às 11h e 13h30h às 16h30, nas UBS da área urbana, exceto UBS São João, que tem horário diferenciado: das 8h às 11h15h e 13h30 às 16h. No interior ainda faltam ser imunizados os moradores da comunidade de São Caetano, que receberão a vacina nesta quinta-feira (21), das 14h às 16h, no pavilhão da comunidade.

Os usuários dos grupos prioritários contemplados na 1ª e 2ª fase da campanha que ainda não vacinaram (idosos, trabalhadores de saúde, portadores de doenças crônicas, profissionais das forças de segurança e salvamento, população privada de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas e cobradores do transporte coletivo) podem procurar os serviços de saúde para receber a dose de vacina da Influenza. Na ocasião, deverão ser apresentados cartão do SUS ou documento pessoal e carteirinha de vacinação, além de documento que comprove pertencer aos grupos determinados para esta etapa.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários