Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Representantes da área tecnológica apresentam proposta inicial da Lei de Inovação Municipal

Encontro aconteceu nesta quinta-feira (09), no Gabinete Municipal

Representantes de empresas e entidades da área tecnológica estiveram nesta quinta-feira (09), no Gabinete Municipal, para debater a criação da Lei de Inovação. Na ocasião, foram levantados os principais pontos positivos para a efetivação da legislação e as oportunidades que ela poderá oferecer para o desenvolvimento do setor tecnológico e da inovação, em Pato Branco.

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, ressaltou que a Lei precisa ter como objetivo a continuidade do desenvolvimento de Pato Branco. “Precisamos visar a continuidade dos trabalhos, promovendo melhorias para a área, fomentando a geração de empregos, o crescimento sustentável do setor e, consequentemente, trazendo melhorias para toda a população de nossa cidade”, enalteceu Zucchi. 

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Natalino Dutra afirma que Pato Branco tem uma cultura ativa nesta área. “É unânime o quanto já foi realizado para a tecnologia e inovação em Pato Branco, percebemos isso ao acompanhar o quanto nossa comunidade é atuante nas ações e projetos e, também, quando recebemos visitas de comitivas de outros municípios, que tem nossa cidade como exemplo deste setor”, contou Géri.

O gerente da Regional Sul do Sebrae-PR, Cesar Giovani Colini, afirma que a Lei irá efetivar os trabalhos já realizados. “É um momento oportuno para a discussão, pois muitas ações estão sendo realizadas nessa área durante esta gestão, que colocaram Pato Branco como referência nacional no setor. Logo, com a implantação desta lei, iremos legitimar os trabalhos já realizados e fazer com que eles continuem acontecendo, garantindo o futuro da área tecnológica em Pato Branco”, afirmou Cesar.

O presidente do Núcleo de Tecnologia de Informação de Pato Branco (NTI), Alaxendro Rodrigo Dal Piva avalia a importância da criação da Lei para Pato Branco. “Ela garante um respaldo tanto para as empresas que já estão consolidadas, quanto para as que estão entrando no mercado atual. Pois ofereceria energia e um suporte orientador de ações e projetos”, afirmou ele.

Para o representante da Associação Empresarial de Pato Branco (Acepb) e membro do Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia, Carlos Manfroi, a intenção é criar algo aplicável. “Não queremos apenas um texto, queremos construir uma legislação que ampare os envolvidos, para que as empresas possam se desenvolver, gerando empregos e renda”, ressaltou Carlos. 

No momento, os representantes estão promovendo reuniões para a finalização da Lei da Inovação, juntamente, com a área jurídica do Município. Para mais informações, é possível entrar em contato com a Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, junto ao Parque Tecnológico de Pato Branco, ou pelo telefone (46) 3220-6080.    

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários