Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeito Zucchi se reúne com presidente da Campus Party visando parceria para a Inventum

Pato Branco está presente na Campus Party Brasil, considerada uma das maiores maratonas internacionais de tecnologia. Nesta quinta-feira (28), o prefeito Augustinho Zucchi se reuniu com o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, juntamente com comitiva formada pelo deputado estadual Guto Silva, o secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Dutra e o diretor de projetos do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico, de Pesquisa e Inovação do Sudoeste do Paraná (Idetep), Hugo Souza Ribeiro. O encontro representou o início da parceria que projeta levar uma extensão da Campus Party para a Feira de Ciência Tecnologia e Inovação de Pato Branco, a Inventum.

No encontro, Zucchi evidenciou o potencial de Pato Branco e região e apresentou a Inventum para Francesco Farruggia. Segundo o prefeito, a parceria com a Campus Party consolidará a cidade enquanto polo de tecnologia e inovação, fortalecendo o desenvolvimento regional. “Temos potencial para agregar a Campus Party à Inventum, pois no ano passado recebemos mais de 60 mil visitantes na feira. Vamos trabalhar para isso, visando o nosso planejamento pelo futuro da cidade e da região”, ressaltou Zucchi.

O presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, sinalizou a forte probabilidade de a parceria ser concretizada. “O prefeito Zucchi quer colocar Pato Branco no circuito de cidades inteligentes do mundo, porque todas as cidades que participam da Campus Party têm uma relação com campuseiros de diferentes países. Isso representa uma série de vantagens para a cidade e para a região. Nós estamos estudando a possibilidade de efetivar essa parceria, que tem tudo para dar certo”, disse.

Pato Branco e região contarão com o apoio do Governo do Estado para consolidar mais esse avanço e continuar estimulando a vocação inovadora e empreendedora de estudantes e profissionais, conforme reforçou o deputado Guto Silva. “Depois dessa visita, vamos alinhar um grande projeto para inserir Pato Branco na programação da Campus Party”, disse.

O secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pato Branco, Géri Natalino Dutra, frisou que a visita também objetivou aprimorar a Inventum, cuja segunda edição aconteceu em 2015. A oportunidade servirá, ainda, para implementar ações e projetos inovadores na cidade, assim como programas no Parque Tecnológico.

“Pato Branco está sendo referência em virtude dos incentivos que estimulam a vocação inovadora da comunidade, despertando estudantes e valorizando a iniciativa privada. Também trabalhamos para otimizar a gestão pública utilizando a tecnologia, principalmente nas áreas de Educação e Saúde. Estar na Campus Party fortaleceo nosso trabalho e demonstra que queremos consolidar a Inventum enquanto uma feira nacional”, ressaltou.

Pato Branco presente

A nona edição da Campus Party Brasil iniciou na última terça-feira (26) e segue até domingo (31), em São Paulo. O evento conta com a participação da primeira caravana formada por moradores de Pato Branco e região. São cerca de 30 pessoas, entre profissionais e estudantes ligados à área de tecnologia da informação, assim como simpatizantes da cultura nerd. A caravana contou com a parceria da Prefeitura, Sebrae/PR e Idetep.

Além disso, o coordenador do projeto Robótica nas Escolas, promovido pela Prefeitura de Pato Branco, Alexandre Ferreira, realiza mais uma edição da sua “Oficina de Chão”, onde apresenta princípios de robótica de forma lúdica.

No extenso pavilhão repleto de computadores personalizados, a bandeira de Pato Branco divide espaço com o famoso gabinete de computador que é réplica do “Iron Man”, assim como um robô “mini Dalek”, para alegria dos fãs de Doctor Who e um animatrônico inspirado na série de ficção científica japonesa Gundam, com 2.20 metros de altura.

“Participei de todas as edições da Campus Party e, estar aqui hoje, poder mostrar o trabalho que estamos desenvolvendo em Pato Branco e como a robótica, assim como a tecnologia, podem fazer a diferença no futuro de centenas de crianças, é um estímulo aos campuseiros, pois é uma forma de mostrar que podemos fazer a diferença e buscar os nossos sonhos”, contou.

Na oficina, a robótica aparece de forma bem dinâmica, onde mais três mentores juntamente com Alexandre desmistificam o assunto a partir da plataforma arduino, em que os participantes dão forma e movimento a robôs. Além disso, são impressaspartes em 3D dos robôs criados.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários