Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Sustentável e inovador, shopping center acompanhará o desenvolvimento de Pato Branco

O conceito arquitetônico do Pato Branco Shopping foi apresentado nesta terça-feira (31), no gabinete do prefeito Augustinho Zucchi. Na ocasião, o arquiteto responsável pelo projeto, Manoel Dória, adiantou algumas informações sobre a concepção da estrutura, que receberá investimentos estimados em R$ 60 milhões, sendo administrada e construída por um grupo de investidores liderados pela empresa paranaense Paysage Empreendimentos.

Dória destacou a qualidade da área onde será edificado o empreendimento, fator decisivo para elaboração e execução de um projeto moderno e inovador, que segundo ele atenderá preceitos de eficiência energética, acessibilidade e sustentabilidade. O projeto acompanhará, ainda, o desenvolvimento da cidade, completando as opções ofertadas no Município nas áreas de comércio e prestação de serviços.

“Fiquei entusiasmado ao conhecer a área. A localização possibilitará o objetivo da Paysage Empreendimentos, que tem como proposta construir um shopping diferenciado, que vise e estimule a ordenação urbanística de Pato Branco. Será uma extensão que complementará o que já é ofertado, ordenando, consolidando e trazendo benefícios, pois envolverá fatores sociais, culturais e a geração de emprego”, pontuou o arquiteto.

Assim, o planejamento do Pato Branco Shopping pensa no presente e no futuro, pois a edificação estará preparada para receber etapas futuras de expansão. O empreendimento, que pretende atender um contingente populacional de 350 mil habitantes, do Sudoeste do Paraná e Oeste de Santa Catarina, acompanhará as demandas desse público. “Consideramos as características da cidade, as necessidades do público da região, a localização e as lojas. Enfim, é um conjunto de fatores que definirão a estrutura do shopping, que poderá ser ampliada num segundo momento”, frisou.

Dória traz no currículo projetos arquitetônicos de shoppings centers como o Pátio Chapecó e, no momento, desenvolve quatro projetos para o grupo Paysage Empreendimentos – além do Shopping Pato Branco, trabalha nos desenhos das unidades de Umuarama, Curitiba (Jockey Plaza) e Passo Fundo.

Planejamento

O prefeito Zucchi ressaltou que a Prefeitura está planejando o desenvolvimento da cidade, uma vez que obras no acesso à rua Tocantins, com a criação da “avenida da Integração”, serão necessárias pela infraestrutura e logística do empreendimento.

“O shopping não será apenas um centro de compra e venda, irá muito além, pois será um local de lazer e entretenimento das famílias. Também refletirá na elevação da autoestima do Município, pois nos dará um novo patamar perante a região. Será um divisor de águas, pelo crescimento de Pato Branco e atração de importantes empreendimentos”, enfatizou Zucchi.

Estrutura

Embora o projeto arquitetônico esteja em fase inicial de concepção, está definido que o  Pato Branco Shopping terá áreas de lazer, entretenimento, comércio, prestação de serviços e espaço para realização de eventos. Outra característica é que o edifício será na horizontal, terá um único pavimento, o que segundo Dória é uma tendência. “Isso possibilitará uma estrutura moderna e eficiente, de fácil locomoção do público, com corredores amplos, utilização de luz natural, entre outros recursos”, explicou.

A intenção é que a estrutura se torne um monumento, um ponto turístico de Pato Branco. “Por estar situado em um lugar alto, o visual será um dos referenciais da estrutura, tanto para quem estiver do lado de fora, quanto para o público do shopping. Vamos explorar o visual. Haverá uma área de descanso e diversos elementos para que as pessoas possam desfrutar a paisagem”, adiantou.

Lojas e lazer

O Pato Branco Shopping terá aproximadamente 120 lojas, sendo 3 ou 4 unidades das chamadas “âncoras”, que são lojas de grandes redes do país, incluindo cinema (serão, no mínimo, 4 salas). Além disso, haverá cerca de mil vagas de estacionamento (entre externas e cobertas). Essas informações foram repassadas pelo diretor da Directa Shopping Centers, Carlos Caruso, pontuando, ainda, que o desenho do edifício está sendo traçado de acordo com as demandas de comércio e lazer.

“A receptividade das empresas foi grande, pois as principais âncoras nacionais demonstraram interesse em se instalar em Pato Branco. Já temos cartas de intenções de âncoras, cinemas e parque de diversões. Só poderemos divulgar quais são, depois que os contratos estiverem assinados, o que aguarda a finalização e aprovação do projeto arquitetônico”, destacou.

Andamento

Após as etapas de elaboração e aprovação, os projetos arquitetônicos e estruturais seguirão para obtenção de licenças e demais trâmites burocráticos. A previsão é que os projetos estejam finalizados e aprovados legalmente, com as licenças emitidas, entre seis e oito meses.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários