Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Projeto Ser Mulher oportuniza conhecimento na prática

Alunas do projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social participaram de atividade do Outubro Rosa

 

As alunas do Projeto Ser Mulher estão colocando em prática os conhecimentos obtidos nos cursos ofertados pelo Município, através da Secretaria Municipal de Assistência Social. Após realizar cortes de cabelo, penteados, atendimentos de design de sobrancelha e manicure para outros projetos sociais, como aos idosos do Centro Dia, aos jovens do Batucação, às crianças da Fundabem e às famílias atendidas pelo CRAS do bairro São João e CRAS do bairro Sudoeste, na terça-feira, dia 18, foi a vez do grupo participar das atividades organizadas pela unidade de saúde do bairro Planalto, em alusão à campanha Outubro Rosa.

Na atividade realizada no bairro Planalto, cerca de 70 mulheres foram atendidas em um dia diferente, que contou com demonstração de produtos de beleza, atendimentos estéticos, além de sorteio de presentes doados pela população e comércio local.

As atividades desenvolvidas integram a campanha Outubro Rosa realizada pela Secretaria de Saúde, como explicou a agente de saúde da unidade do bairro Planalto, Marly Aparecida Zaboroski. “Nossa intenção foi organizar um dia especial, para incentivar as mulheres a buscarem cuidados, tanto de saúde quanto de estética, estimulando assim a autoestima”, ressaltou Marly.

Desde 2015, a Secretaria de Assistência Social realiza o Projeto Ser Mulher, que atende cerca de 350 mulheres com cursos que visam promover a inclusão social, capacitação para a geração de renda e mudanças sociais com integração e qualidade de vida. Para a secretária de Assistência Social, Anne Cristine Gomes da Silva, a aproximação com a comunidade é extremamente proveitosa. “As nossas participantes colocam em prática o que aprenderam e a comunidade é beneficiada com serviços”, explicou Anne.

A instrutora do curso de salão social do Ser Mulher, Salete Sarturi, afirmou que momentos assim são grandes motivadores para as alunas. “Além de colocar os ensinamentos em prática, elas podem ir conhecendo as pessoas e formado clientes. Com dedicação e prática estamos formando excelentes profissionais”, comemorou Salete.

Neste ano, os cursos ofertados pelo projeto Ser Mulher são os seguintes: salão social (cabelo, manicure, pedicure, maquiagem e sobrancelha), corte e costura (nível básico e avançado), pintura em tecido, bordado em chinelo, artesanato com materiais recicláveis, confecção de geléias, crochê, tricô, informática, sabão artesanal e dança.

Novidades

Neste mês, iniciou o curso de costura artesanal no Largo da Liberdade, nas terças e quintas-feiras, das 18h30 às 20h30, em horário diferenciado. Há ainda curso de costura básica, para 20 mulheres haitianas, na Secretaria de Assistência Social.

Mais informações sobres os cursos, que são gratuitos e direcionados a mulheres cadastradas no CadÚnico da Assistência Social, podem ser obtidas na Secretaria de Assistência Social, na rua Teóphilo Augusto Loiola, bairro Sambugaro, ou pelo 3225-5544.