Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Rede Municipal de Educação envolve alunos dos 4º e 5º anos em maratona estudantil

Alunos dos 4º e 5º anos da Rede Municipal de Educação de Pato Branco têm mais um estímulo para aprender com criatividade e inovação. A Secretaria Municipal de Educação e Cultura lançou a “I Maratona do Conhecimento: Reencantando o Saber”, que promoverá diversas atividades interdisciplinares nos próximos meses, incluindo um talk show de perguntas e respostas. As turmas vencedoras, uma do 4º e outra do 5º ano, ganharão transporte para uma viagem de até 200 km e 500 km, respectivamente.

Serão três fases. Na primeira, realizada entre setembro e outubro, cada escola definirá os seus representantes. Na segunda fase, entre outubro e novembro, serão disputadas vagas para a final, que acontecerá entre novembro e dezembro – em que cada escola participará com uma turma do 4º e outra do 5º ano.

Conforme explica a secretária municipal de Educação e Cultura, Heloí Aparecida De Carli, as atividades contemplam o currículo de ensino dos 4º e 5º anos, onde os assuntos estudados em sala de aula serão abordados de um jeito lúdico e diferenciado, para que as crianças possam aprender “brincando”.

“São atividades multidisciplinares, que envolvem comunicação, expressão, matemática e conhecimentos das mais variadas disciplinas. Queremos motivar as crianças para que estudem e, sobretudo, reencantar a sala de aula, com atividades diferenciadas”, destaca Heloí.

Mas além de mostrarem que dominam o conteúdo trabalhado, os alunos serão desafiados a adaptar jogos interativos, com noções de matemática e geometria. Ao recontarem fábulas e revisitarem a biografia do escritor paranaense Domingos Pellegrini, os alunos serão estimulados a produzir e interpretar textos. A história da cidade, assim como das famílias dos alunos, também será o tema de uma das atividades da maratona.

Heloí lembra que a iniciativa visa estimular o aprendizado através do trabalho em equipe. “Vamos promover a articulação entre os alunos e o sentimento de união, pois o desempenho na maratona dependerá da média obtida pelos alunos da turma. Com isso, um aluno terá que ajudar o outro, para que todos aprendam e se saiam bem nas atividades, garantindo assim que a média da turma seja satisfatória”, completa Heloí.

A maratona é, ainda, mais um momento para inserir os tablets educacionais no processo de ensino e de aprendizagem dos 5º anos.  “Será mais uma oportunidade para os alunos utilizarem os tablets como ferramenta de construção de conhecimento, assim como fazem em sala de aula, pois terão que demonstrar o domínio do conteúdo estudado e da ferramenta digital”, ponderou Heloí.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários