Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Projeto Ser Mulher reflete na qualidade de vida de moradoras dos bairros

Toda segunda e quarta-feira à tarde, um grupo animado de mulheres movimenta o Centro de Musicalização do bairro Alvorada. São as aulas de ginástica do projeto Ser Mulher, realizado pela Prefeitura, através da Secretaria de Assistência Social. A iniciativa desenvolvida há pouco mais de um mês, também oferta oficinas de costura, artesanato (com reciclagem), dança, informática, confecção de sabão, crochê e tricô. Atualmente, são cerca de 250 participantes, que têm ainda palestras educativas e sobre cuidados básicos de beleza.

Para a maioria, esta é a primeira vez que um projeto do gênero é ofertado pertinho de casa de forma gratuita – assim como também é novidade a prática da atividade física. A secretária municipal de Assistência Social, Anne Gomes da Silva, conta que o projeto já está refletindo na saúde e no bem-estar das participantes.

“Temos casos relatados de mulheres que faziam uso de medicamentos de hipertensão e diabetes onde o médico diminuiu a dosagem em função da atividade física. Além disso, com os cursos de qualificação, elas estão em busca da autonomia econômica para poder complementar a renda familiar”, completa Anne.

Quem confirma é Semil de Monteiro, 35 anos, que melhorou a saúde consideravelmente no primeiro mês nas aulas de ginástica. “Eu estou amando fazer as aulas. No dia que não posso vir, fico triste. É muito bom esse projeto. Eu tinha problemas de saúde, depois da ginástica estou excelente, não tenho dores no corpo, nem depressão tenho mais. Até emagreci”, contou.

“Nós mulheres precisamos achar um tempo pra gente, nos cuidar pela nossa saúde”, aconselha Lenir Vieira dos Santos, 43 anos, que também está conhecendo a ginástica e já percebe os benefícios da atividade física. “Aqui a gente tem uma hora muito boa. Em casa também temos motivação para continuar, vir aqui, conversar, rir e se sentir melhor”, disse.

O prefeito Augustinho Zucchi ressalta a representatividade do projeto pela qualidade de vida das mulheres pato-branquenses. “Temos um compromisso com as famílias de Pato Branco, o que também refere-se à valorização da mulher, com a oferta gratuita de cursos de qualificação profissional e de atividades que promovam saúde e autoestima. Estamos concretizando esse objetivo, com o Ser Mulher e com o Flor do Campo, realizado no interior”, destaca Zucchi.

O Ser Mulher

O Projeto Ser Mulher conta com o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e da Secretaria de Esporte, Lazer, Juventude e Idoso. Oficinas ocorrem na Secretaria de Assistência Social, no CRAS do bairro São João, no CRAS do bairro Sudoeste, no Centro de Musicalização do bairro Alvorada e no ginásio de esportes da comunidade de São Roque do Chopim. O Município também oferece transporte às participantes. Mais informações pelo (46) 3902 – 1248.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários