Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Município atende 330 propriedades rurais com o Prodeagri

O Programa de Desenvolvimento da Agricultura (Prodeagri), desenvolvido pelo Município de Pato Branco, completou seis meses de realização e já atendeu 330 propriedades rurais. O incentivo oferece concessão de serviços e materiais para melhoria da infraestrutura de pequenas propriedades. A Prefeitura está investindo aproximadamente R$ 1 milhão em recursos próprios para realizar o programa, que é inédito no Município e contempla os produtores com até 10 horas máquina ou até R$ 2 mil reais em materiais de construção.

Até o momento, foram construídos e ampliados açudes em 127 propriedades, nas comunidades de Sede Dom Carlos, Sede Gavião, Rio Gavião, Vila Bonita, Passo da Pedra, Bom Retiro, São Roque do Chopim, Linha Damasceno, Três Pontes, Fazenda da Barra, Parque do Som, Passo da Ilha, Nossa Senhora da Saúde, Nossa Senhora do Carmo, São Caetano, São Pedro, Linha Martinello, Independência, Bela Vista e São João Batista. Somando-se a esses, 203 produtores receberam recursos para melhorias de infraestrutura, como construção de abrigos para animais, para armazenamento de materiais e insumos, entre outros.

O secretário municipal de Agricultura, Clodomir Ascari, afirma que o Prodeagri é mais um programa municipal que visa a valorização das famílias e o desenvolvimento do meio rural. “Nossa intenção é promover a qualidade de vida e garantir condições para que a agricultura familiar se desenvolva, já que ela é tão importante para a economia do Município. Esse incentivo estimula a produção dessas famílias”, ressaltou o secretário.

O produtor Laudelino Piovesan, da comunidade de Quebra Freio, afirma que há tempos tinha intenção de melhorar a estrutura da propriedade. “Nossa maior produção é de gado leiteiro e estava nos nossos planos melhorar a estrebaria, mas nunca conseguíamos colocar as obras no orçamento. Com o Prodeagri houve o incentivo para as melhorias, estamos construindo uma estrutura nova, com chão, telhado e todas as divisórias”, conta.

Sua esposa, Salete Piovesan, está satisfeita com a obra. “Quando chove vira lama e fica ruim de trabalharmos. Quando tudo ficar pronto, vai melhorar e facilitar nosso trabalho”, afirma Salete.

Clésio André Rufatto, que também reside em Quebra Freio junto com a família, possui uma fábrica artesanal de vassouras. “Agora, teremos um local adequado para a produção, com espaço e estrutura melhor. Essa obra está garantindo melhores condições de trabalho para nós”, salienta.

Para ser contemplada, a família deve ter até três módulos rurais de Pato Branco e 80% da renda oriunda da agricultura e, também, apresentar o bloco de produtor rural. Para mais informações basta ir até a Secretaria Municipal de Agricultura, junto à Prefeitura, de segunda a sexta-feira, das 08h às 12h e das 13h30 às 17h30, ou entrar em contato pelo número de telefone 3220-1504.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários