Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Secretaria de Saúde reforça importância da vacinação contra a gripe

Crianças e gestantes apresentam, até o momento, baixa procura à imunização. Campanha segue até o dia 26 de maio, nas unidades de saúde dos bairros e do Centro.

 

Apesar da mobilização promovida pelo Município de Pato Branco no último sábado, dia 13, em alusão ao Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, a busca pela imunização continua baixa, principalmente para gestantes e crianças. Na ocasião, foram mais de nove horas ininterruptas de programação, compreendendo unidades de saúde, a comunidade de São Roque do Chopim e a Praça Presidente Vargas, além dos horários diferenciados realizados durante a semana, sem intervalo para o almoço na unidade do Centro – tudo para atrair a população.

Ao todo, 742 pessoas foram vacinadas no Dia D, sendo 400 idosos, 265 crianças, 61 trabalhadores e 04 puérperas. Destas, apenas 12 são gestantes, o que aumenta o alerta junto à população, uma vez que a campanha estima vacinar 974 gestantes em Pato Branco e, até o momento, 513 foram imunizadas. “Foram mais de 50 pessoas envolvidas na mobilização, entre funcionários do Município e voluntários, entretanto, a participação da população foi bem abaixo da nossa expectativa”, avalia a secretária.

A campanha, que iniciou no dia 17 de abril, imunizou 12.159 pato-branquenses até o momento. Destes, 6.730 são idosos, 2.550 crianças, 2.019 trabalhadores e 128 puérperas. “Isso representa 74,88% do público-alvo, contudo, precisamos aumentar a adesão das gestantes e a imunização das crianças. Precisamos que os grupos prioritários sejam vacinados o quanto antes, pois com a chegada do inverno, a tendência é que os casos de gripe aumentem, por isso a prevenção é de fundamental importância”, reforça Antonieta.

Em Pato Branco, o público-alvo total é de 18.580 pessoas, que constituem os grupos prioritários.  Realizada pelo Ministério da Saúde e desenvolvida em Pato Branco por meio da Secretaria de Saúde, juntamente com a 7ª Regional de Saúde, a campanha segue até 26 de maio.

Público-alvo

Neste ano, o público-alvo da campanha e composto por idosos com 60 anos ou mais; crianças de 6 meses a menores de 5 anos; gestantes em qualquer período da gestação; puérperas com até 45 dias após o parto; trabalhadores de saúde (rede pública e privada), povos indígenas e professores de todos os níveis, da rede pública e privada, que estejam em atividade docente. É necessário que os docentes apresentem declaração da escola ou da instituição que possuem vínculo, no momento da vacinação.

Também são priorizadas pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, tais como: doenças respiratórias, cardíacas, renais, neurológicas, hepáticas crônicas, diabetes, obesidade mórbida, transplantados, entre outros. Contudo, para esses casos, há a necessidade de apresentação de prescrição médica para aplicação da vacina.

Atendimento

De segunda a sexta-feira, a vacinação para todos os grupos está disponível na Sala de Vacinas do Centro, das 07h às 18h. Também há um ponto extra para vacinação de todos os grupos, exceto crianças, nas instalações do antigo PAM, que atende das 07h30 às 12h e das 13h às 17h.

Além disso, há atendimento diferenciado para pessoas acamadas que necessitem da imunização. Nestes casos, para receber o procedimento em domicílio, é necessário contatar a unidade de saúde mais próxima e fazer a solicitação.

Lembrando que, no momento de vacinação, é importante que seja apresentada a carteira de vacinação de quem estiver sendo imunizado. Em caso de dúvidas, a população pode entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, pelo 3902-1265 ou pelo 3902-1266.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários