Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura estimula alunos dos 4º e 5º anos com uso de tablets educacionais

Trabalhos desenvolvidos pelos alunos a partir do programa municipal serão conhecidos pela comunidade nesta terça e quarta-feira, dias 08 e 09, às 19h, no auditório da UTFPR – Câmpus Pato Branco

 

 

Em Pato Branco, alunos dos 4º e 5º anos têm a oportunidade de aprender com criatividade e inovação através do Programa Clique Conhecimento, que promove inclusão digital com a oferta de tablets educacionais. Os trabalhos desenvolvidos pelos alunos a partir do programa municipal serão conhecidos pela comunidade nesta terça e quarta-feira, dias 08 e 09, às 19h, no auditório da UTFPR – Câmpus Pato Branco.

Na ocasião, também estarão expostos os trabalhos realizados na 2ª Maratona Do Conhecimento, onde os tablets educacionais também foram inseridos em atividades que envolveram comunicação, expressão, matemática e conteúdos pedagógicos das mais variadas disciplinas.

Conforme explica a secretária municipal de Educação e Cultura, Heloí Aparecida De Carli, a inserção da tecnologia em sala de aula possibilita a construção do conhecimento de um jeito lúdico e diferenciado.

“É um novo momento na educação pública de Pato Branco, onde alunos e professores estão sendo estimulados graças a esse programa inovador criado pelo prefeito Augustinho Zucchi, que oportuniza a pesquisa e os registros de imagens com inclusão e igualdade”, ressalta a secretária.

Concurso fotográfico

Também haverá divulgação dos vencedores do 1º Concurso Fotográfico Cães de Rua, promovido pela Secretaria de Meio Ambiente e que integrou uma das novidades desta segunda edição da Maratona do Conhecimento. A premiação será na quarta-feira, dia 09, a partir das 19h, também no auditório da UTFPR – Câmpus Pato Branco.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Nelson Bertani explica que a ideia é sensibilizar as crianças sobre o abandono de animais. “Despertar as crianças é uma maneira de torná-las solidárias à realidade desses animais de rua, uma vez que o poder público conta com a participação da comunidade para sanar esta questão que, sobretudo, refere-se à conscientização”, explica Bertani.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários