Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura e população revisarão o Plano Diretor de Pato Branco

A Prefeitura de Pato Branco desenvolverá um amplo plano de desenvolvimento urbano para a cidade, a partir da revisão do atual Plano Diretor. Informações sobre a organização da equipe técnica que conduzirá os trabalhos foram apresentadas nesta terça-feira (23), no gabinete municipal. Secretários e funcionários municipais, assim como vereadores, participaram do encontro.

Para o prefeito Augustinho Zucchi, é preciso planejar o desenvolvimento de Pato Branco considerando questões ambientais, assim como a infraestrutura necessária para oferecer condições de sustentabilidade e qualidade de vida para a população. “Queremos que a sociedade civil participe deste momento tão importante para o futuro do município, uma vez que a revisão do Plano Diretor conduzirá o crescimento ordenado de Pato Branco”, evidenciou Zucchi.

De acordo com a diretora do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Pato Branco (IPPUPB), Silmara Brambilla Strassburger, que coordena a elaboração e revisão do Plano Diretor, os trabalhos iniciam oficialmente na próxima semana e terão duração estimada de nove meses. Nesse período, ao desenvolver um planejamento integrado entre todas as secretarias municipais, assim como contar com a participação de representantes de diversos setores da sociedade, inclusive vereadores, a equipe responsável delineará novas diretrizes visando o crescimento ordenado e sustentável de Pato Branco.

“Serão considerados aspectos socioeconômicos, ambientais, o uso e ocupação do solo, infraestrutura urbana, transporte e circulação viária. Esse estudo direcionará o desenvolvimento da cidade, que está crescendo territorialmente e precisa ter infraestrutura adequada para atender essa demanda”, ponderou Silmara.

Além disso, o estudo abordará a viabilização de ciclovias, acessibilidade, a legislação para criação de novos loteamentos e o zoneamento urbano, considerando a realidade do município e o planejamento de expansão estabelecido, entre outros aspectos.

Silmara lembrou, ainda, que a elaboração do estudo contará com consultas populares, inclusive audiências públicas para ouvir a comunidade. Após a aprovação da nova legislação, será criado o Plano de Ação e Investimentos (PAI), com revisões a cada cinco anos. “O objetivo é oportunizar que o crescimento da cidade priorize as pessoas, sendo conduzido de forma humanizada e planejada”, completou.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários