Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura e NTI formam segunda turma de programadores de software

Participantes do Desenvolvendo Talentos receberam certificados na noite de 10 de novembro
O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) e a Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, formaram a segunda turma do projeto Desenvolvendo Talentos, na noite desta segunda-feira (10). No auditório do Sebrae, 35 adolescentes do Ensino Médio da rede pública concluíram a capacitação profissional em Tecnologia da Informação para Suporte, Testes e Desenvolvimento de Software, iniciada em maio e realizada pela equipe pedagógica do Senai. Agora, os 15 alunos mais bem classificados seguem para uma nova etapa: vão estagiar em 12 empresas de Pato Branco, todas associadas ao NTI e que apoiam o projeto. Os outros 20 participantes ficarão na lista da espera, e poderão ser chamados conforme a necessidade das empresas.
A cerimônia para entrega dos certificados contou com a presença de alunos e familiares, bem como empresários, professores e representantes de entidades do setor. O projeto Desenvolvendo Talentos conta com o apoio do Sebrae/PR, Senai, Núcleo Regional de Educação (NRE), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Fadep, Faculdade Mater Dei e Pato Branco Tecnópole.
O projeto, idealizado pelo NTI, foi elogiado pelo prefeito Augustinho Zucchi, por atender às necessidades das empresas do setor por formação de mão de obra e ao mesmo tempo oportunizar a entrada de jovens no mercado de trabalho. “É um programa que deu muito certo, pois dá a esses jovens um bom acesso a um setor muito promissor”. O prefeito destacou ainda que, com a inserção e formação profissional, novas oportunidades de negócios nascerão no Município, agregando geração de emprego e renda.
O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pato Branco, Géri Dutra, lembrou aos novos formados em programação de software que este é apenas o início da caminhada profissional. Salientou ainda que o mercado de TI tem carência de bons programadores, mas que ampliar os conhecimentos é fundamental. “Este foi apenas o primeiro passo deles. A expectativa é que possamos vê-los no Ensino Superior, em 2015”, completou Géri.
Já o presidente do NTI, Alessandro Graczyk Moraes, relatou que o Desenvolvendo Talentos é um programa bem sucedido desde 2013 e que a edição deste ano teve melhorias significativas com base nas avaliações das empresas participantes. “Dobramos a quantidade de horas/aula, chegando a 400, e novas disciplinas foram acrescentadas ao conteúdo programático. Assim, foi possível capacitar os alunos para programação de software e também para suporte e teste de software”, concluiu o presidente do NTI.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários