Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura de Pato Branco promoveu “Dia de Rock” com sucesso

Músicas próprias predominaram entre as bandas 

 

Mais de mil pessoas de Pato Branco e região passaram pelo parque ambiental Cecília Cardoso, na tarde de sábado (23), durante a programação do Dia de Rock, promovido pela Prefeitura, através da Secretaria de Educação e Cultura e Secretaria de Meio Ambiente. Famílias e diferentes gerações puderam conhecer o trabalho de mais de 80 músicos, em 18 apresentações de bandas e artistas do Sudoeste do Paraná e Oeste de Santa Catarina.

Bandas com quase 20 anos de estrada e músicos que nunca haviam feito um show antes se encontraram no mesmo palco onde, apesar da diversidade, predominaram as composições próprias, mostrando um som autoral que não necessariamente precisa falar de amor, mas que também envolve questões ideológicas e sociais.

A música Cera Quente, dos Raimundos, deu nome à banda de São Lourenço do Oeste, que encontrou no Dia de Rock a oportunidade de mostrar as músicas próprias. “Quase todas as bandas aqui, assim como nós, mostraram o som autoral. Falta isso, espaço e incentivo para as bandas comporem e divulgarem os seus trabalhos. Nós ficamos muito felizes por poder mostrar um pouco do que a gente quer passar”, disse Danimar Guerra, vocalista da Cera Quente.

Foi a primeira apresentação da banda pato-branquense Cidade Cheia, liderada por Bruno Badia, que deixou o recado: a música pode fazer com que as pessoas reflitam sobre temas como desigualdade social e consciência política. “É muito difícil ter essa oportunidade de tocar com músicas próprias aqui em Pato Branco. As bandas têm que se unir, escrever e botar as ideias pra fora. E vamos torcer que festivais como esse aconteçam mais vezes”, destacou Bruno.

“O rock nunca morre, adormece”, afirmou Jean Venâncio, vocalista da Prelúdio, que encerrou a programação do Dia de Rock. Para ele, o evento mostrou que o rock pato-branquense está em um novo momento, onde a renovação musical faz parte, inclusive, de bandas que nasceram na efervescência do cenário nas décadas de 80 e 90 – quando ruas do Centro da cidade eram fechadas para receber o gênero.

“As bandas da nossa geração ajudaram a fazer com que isso não acabasse. De caminhões na avenida Tupi, estamos em um parque, em um evento estruturado, com um público legal. O movimento de Pato Branco está se fortalecendo, as bandas estão surgindo com propósito. São pessoas mais críticas musicalmente e que estão compondo”, avaliou Jean, único integrante da formação original da Prelúdio, criada em 1996.

Para o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, a participação das famílias e o envolvimento dos músicos, confirmam a adesão da população a iniciativas do gênero. “Queremos dar espaço para todos e, desta vez, conseguimos resgatar o rock. Tivemos a participação de jovens, adultos e idosos, que puderam conhecer o talento desses músicos que merecem e precisam ter um espaço como esse”, enfatizou Zucchi.

Subiram ao palco do 1º Dia de Rock as bandas: Colostro, Máquina Sete, B-Sides, Mad Donna, Teclas, Col + 45, Dead Ringer, Cidade Cheia, Abitantes, Cera Quente, Catrefas, Raiplank, Bife de Fígado e Prelúdio. Os músicos Leomar Zierhut, Marcelo Archetti e Laizitha também se apresentaram.

Meio ambiente e exposições

O Dia de Rock também contou com ações de conscientização ambiental. Além de ser mais uma oportunidade para a Prefeitura divulgar as ações do Programa Municipal de Gerenciamento do Lixo Urbano, a Secretaria de Meio Ambiente distribuiu cerca de 600 mudas de árvores nativas e também disponibilizou uma fonte de água potável.

Música, natureza e solidariedade. Na ocasião, também aconteceu a segunda edição da Mostra Fotográfica por Pato Branco, com mais de setenta fotos de diferentes aspectos da cidade. A iniciativa arrecadou donativos para o Lar dos Idosos São Vicente de Paulo.

Além disso, o Departamento Municipal de Cultura organizou uma exposição com 18 banners, com informações sobre a história de diversos gêneros musicais. Paralelamente, artesões da cidade tiveram a oportunidade de mostrarem o seu trabalho.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários