Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura de Pato Branco promove mais uma edição do “Trinta no Teatro”

Três bandas de rock se apresentam neste sábado (30), a partir das 20h, no Teatro Naura Rigon

 

Música genuinamente pato-branquense. É o que trará a edição de agosto do Trinta no Teatro, que acontece neste sábado (30), a partir das 20h, no Teatro Naura Rigon. O espetáculo intitulado “No teatro, em três atos”, reunirá as bandas “Eu e Mais Dois”, “Tango ou Mambo” e “Mad Donna”, que apresentarão composições autorais.  A iniciativa é da Prefeitura de Pato Branco, através da Secretaria de Educação e Cultura. Os ingressos, gratuitos, devem ser retirados antecipadamente no Departamento de Cultura.

A diretora do Departamento de Cultura de Pato Branco, Eliane Gauze, frisa que cada edição do Trinta no Teatro acontece a partir da demanda apresentada pela comunidade. Neste caso, contará com bandas que possuem anos de estrada e que encontraram, no programa, uma forma de retornar aos palcos.

“A proposta do prefeito Zucchi é incentivar e fomentar o trabalho dos artistas da cidade. Com isso, a juventude possui alternativas para se expressar, onde a arte está cada vez mais próxima da comunidade e unindo gerações. Esse contexto envolve artistas de diversos gêneros, o que só enriquece as nossas ações”, destaca Eliane.

Embora nunca tenham “parado” de tocar, as apresentações dos três grupos estão cada vez mais raras – por isso, o show deste sábado (30) será um momento único. “A verdade é que em poucos momentos estivemos realmente na “ativa”, porém sempre continuamos tocando. Talvez este seja o segredo, para que depois de tantos anos, ainda nos divertimos muito quando estamos no palco, tocando nossas canções”, conta Tayrone Matiello, guitarrista da Tango ou Mambo e da Eu e Mais Dois.

Tayrone destaca, ainda, a oportunidade de relembrar as canções das bandas em um programa como o Trinta no Teatro, que visa valorizar e popularizar a produção artística local. “Considero fundamental esta oportunidade para divulgarmos a arte feita aqui em Pato Branco, para quem quiser ouvir”, pontua.

Bandas

Quem acompanha a trajetória das bandas sabe que, embora tenham como essência o rock dos anos 60 e 70, elas possuem estilos diferentes. E é justamente essa diversidade que o público encontrará neste Trinta no Teatro. “Serão três atos, três estilos muito diferentes. Como tocaremos apenas músicas próprias, a nossa proposta é valorizar o som autoral e rever velhos amigos”, adianta Tayrone.

Além disso, os grupos representam períodos distintos da música independente em Pato Branco. A Eu e Mais Dois, criada em 1997, conta com três álbuns. As canções retratam uma geração, assim como a própria cidade – Frei Policarpo Berri, por exemplo, é personagem de uma das canções do grupo. No caso da Tango ou Mambo, na ativa desde 2005, o trabalho autoral resultou alguns singles gravados entre 2007 e 2008 – difícil ouvi-los sem lembrar de Os Mutantes. Já a Mad Donna, a antiga Madona Bege, criada em 2006, possui um álbum com histórias vivíveis, lançado em 2009, numa pegada moderna que varia entre The Beatles e Rolling Stones.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários