Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura inicia obras em pequenas propriedades com o Prodeagri

 

O programa inédito no município objetiva melhorar a qualidade de vida dos produtores e incentivar a permanência no campo

 

A Prefeitura de Pato Branco iniciou as obras do Programa de Desenvolvimento da Agricultura (Prodeagri) nesta semana, oferecendo concessão de serviços e materiais para melhoria da infraestrutura de pequenas propriedades rurais. Nesta primeira etapa, serão investidos R$ 826.577,55 em recursos próprios do Município para realização das obras.

No momento, as obras acontecem nas localidades de Três Pontes, Fazenda da Barra, Linha Esperança e Parque do Som – gradativamente, o cronograma avançará para as demais regiões.

Para o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, o Prodeagri é mais uma inovação para fomentar a agricultura familiar, a exemplo do programa Asfalto no Campo, outra iniciativa inédita da municipalidade e que contribui na qualidade de vida dos produtores rurais.

“Ao estruturarmos as pequenas propriedades, incentivamos a produção familiar de grãos, leite ou piscicultura. Esse é um importante incentivo ao homem do campo, que poderá melhorar a condição de trabalho e de vida da sua família e ainda, ao ser valorizado pelo seu papel na agricultura, se sente motivado a continuar contribuindo no desenvolvimento rural”, ressalta Zucchi.

O produtor da comunidade de Três Pontes, Luiz Marini, 60 anos, reside na localidade há 25 anos. Ele conta que essa é a primeira vez que a família recebe incentivo de um programa como o Prodeagri, que está possibilitando a construção de mais um açude na propriedade.

“Nunca houve uma iniciativa assim e está fazendo toda a diferença para nós, pois a piscicultura é um ramo que está em crescimento. Esse açude nos ajudará no orçamento, nos oportunizando uma fonte a mais de renda para podermos pagar a faculdade dos filhos”, explicou Luiz.

Arlindo Dal Bosco, 52 anos, reside na comunidade de Fazenda da Barra e trabalha com gado de leite. Ele utilizará o açude em construção para, além de produzir peixes, irrigar pastos e servir de bebedouro para os animais. Ele evidencia que o apoio da Prefeitura veio em boa hora.

“Sempre tivemos vontade de ter um açude, mas não contávamos com os recursos necessários. Se não fosse pelo programa, não conseguiríamos fazer, pois moro aqui há 30 anos e sempre apareciam outras prioridades”, contou Arlindo.

O Prodeagri destina até R$ 2 mil para cada propriedade, em que o produtor opta por materiais de infraestrutura ou hora-máquina. Para ser contemplada, a família deve ter até três módulos rurais de Pato Branco e 80% da renda oriunda da agricultura. Também é preciso apresentar o bloco de produtor rural à Secretaria Municipal de Agricultura.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários