Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeito Zucchi anuncia modernização na coleta de lixo de Pato Branco

Um encontro na próxima terça-feira, dia 12, apresentará as novidades à população

 

Nesta terça-feira (05), o prefeito Augustinho Zucchi anunciou o início do novo sistema de coleta seletiva do lixo de Pato Branco, que entrará em funcionamento no dia 18 de agosto. Foram pontuados os principais aspectos do Programa Municipal de Gerenciamento do Lixo Urbano, que compreende a modernização do serviço com a operacionalização do aterro sanitário, instalação de contêineres no Centro e distribuição de sacolas ecológicas, os bags, nos bairros da cidade.

Um encontro apresentará o novo sistema à população, na próxima terça-feira, dia 12, às 19h30, no Teatro Naura Rigon. O prefeito Zucchi lembra que a funcionalidade do serviço depende do apoio e colaboração da comunidade, pois envolverá desde a separação correta do lixo à utilização dos contêineres e dos bags.

“Não há mais espaço para o sistema tradicional de coleta de lixo, pois precisamos buscar a modernização para atender o crescimento e planejar o futuro sustentável de Pato Branco. Estamos otimizando a coleta seletiva e, para isso, precisamos que a sociedade participe do processo e compareça neste encontro”, enfatizou o prefeito.

A otimização do serviço compreenderá o transporte, separação e tratamento do lixo doméstico. Para tanto, 280 contêineres foram instalados no Centro de Pato Branco e 40 mil bags serão distribuídos, compreendendo todas as residências da cidade. Na prática, quem morar no Centro depositará os recicláveis nos contêineres, voltando com a sacola ecológica para casa. Nos bairros, os bags poderão ser colocados nas lixeiras, nos dias de coleta, em que os profissionais da limpeza pública recolherão o material, deixando a sacola para a reutilização da família.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Nelson Bertani, ressalta que cerca de 20 mil cartilhas estão sendo distribuídas na rede pública e privada de ensino, integrando as ações de educação ambiental. O material possui informações sobre o programa, itinerários, etc. “Queremos que a população esteja bem informada, por isso a distribuição das cartilhas e a realização do encontro com a comunidade, para que juntos possamos garantir a eficácia dessas inovações”, salientou.

Diariamente, a Prefeitura de Pato Branco recolhe 57 toneladas de lixo orgânico, atendendo 16 mil residências. Paralelamente, há o trabalho da Cooperativa dos Agentes Ambientais, que garante a coleta e destinação de 70 toneladas de lixo reciclável por mês. O grupo, formado por 23 pessoas, deixou a sede antiga e está trabalhando, desde o início de agosto, no aterro sanitário – cuja operacionalização acontecerá neste mês.

De acordo com a presidente da cooperativa, Zélia Aparecida dos Santos, a estruturação representa melhores condições de trabalho e refletirá positivamente na produtividade. “Esperávamos por isso há um bom tempo. No nosso antigo barracão, tínhamos dificuldades em virtude do espaço e não podíamos instalar o maquinário. No novo espaço, tudo está funcionando e no seu lugar. Agora, não ficamos mais no barro e no vento nos dias de chuva. Estamos numa estrutura muito boa, temos cozinha, refeitório e banheiro”, conta.

Investimentos

No total, o Município investiu R$ 2.893.703,80 para a modernização do sistema de coleta de lixo. Deste valor, R$ 2.174.703,80 referem-se à construção do aterro sanitário – R$ 1.976.600,00 provém do Governo Federal e o restante, R$ 198.103,80, refere-se à contrapartida da Prefeitura. A modernização também compreendeu a frota de veículos da Limpeza Pública, em que foram investidos R$186.000,00 em recursos próprios para aquisição de três coletores. Para os 280 contêineres, a Prefeitura destinou mais R$ 345,000,00, também de recursos próprios. Os bags totalizaram R$ 188,000,00, cujo valor foi custeado pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários