Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Expansão da UTFPR contempla planejamento do Município

Nesta segunda-feira (20), o prefeito Augustinho Zucchi, o reitor da UTFPR, Luiz Pilatti e o diretor-geral da UTFPR – Câmpus Pato Branco, Idemir Citadin, assinaram um protocolo de intenções para doação de terreno do Município à universidade

Na manhã desta segunda-feira, dia 20, o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, o reitor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Luiz Alberto Pilatti e o diretor-geral da UTFPR – Câmpus Pato Branco, Idemir Citadin, assinaram um protocolo de intenções para doação de um terreno do Município à UTFPR, o que também compreende a criação de novos cursos superiores. Na ocasião, estiveram presentes, ainda, professores e técnicos administrativos da universidade, além do presidente da Câmara de Vereadores, Carlinho Antonio Polazzo. O encontro também abordou a participação da UTFPR na Inventum 2017, que receberá a primeira Campus Party Weekend realizada no Sul do Brasil.

A viabilização do terreno, situado ao lado do câmpus, visa promover a ampliação da estrutura física da universidade, bem como a oferta de novos cursos superiores na cidade. O prefeito Augustinho Zucchi evidenciou a importância de planejar o futuro e a expansão do câmpus Pato Branco da UTFPR. “Todos temos a compreensão da representatividade da instituição enquanto vetor de desenvolvimento de Pato Branco e região. Além do ensino de qualidade, a universidade está sempre presente nas nossas ações e projetos”, ponderou.

Nesse sentido, o secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Natalino Dutra, pontuou aspectos importantes da participação da UTFPR, por meio da integração de todos os câmpus, na realização da nova edição da Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pato Branco – Inventum 2017, bem como, na Campus Party Weekend.

“Queremos envolver os treze câmpus da UTFPR do Paraná, receber alunos e professores de diversas cidades, para tornarmos o evento um grande marco para a região Sul do País, principalmente para promover a produção de conhecimento e envolver instituições de ensino superior”, frisou Géri, lembrando que, em 2015, a Inventum recebeu mais de 60 mil visitantes, marca que deve ser ainda maior em 2017, tendo em vista a grande visibilidade nacional que a iniciativa recebeu a partir da parceria com o Instituto Campus Party.

O reitor da UTFPR, Luiz Alberto Pilatti, colocou-se à disposição para incentivar a participação expressiva da universidade na feira setorial e enalteceu o posicionamento da municipalidade, em consolidar o ambiente tecnológico e reconhecer o papel do conhecimento no processo de desenvolvimento local e regional.

“Pato Branco é um dos câmpus mais representativos da universidade. Se hoje somos uma jovem instituição que alcança importantes feitos no Brasil, é porque firmamos parcerias como esta, entre a UTFPR e a Prefeitura de Pato Branco. Essa postura torna novos projetos possíveis e garante o futuro da instituição”, disse.

Para o diretor-geral da UTFPR- Câmpus Pato Branco, Idemir Citadin, a assinatura do protocolo de intenções para viabilização de uma nova área para a universidade, somada a outras iniciativas, garante a sustentabilidade da instituição no presente, bem como, a expansão futura, com a oferta de novos cursos.

“Incentivar o crescimento da universidade é reconhecer que ela faz parte do desenvolvimento do município. Portanto, se a universidade cresce, a cidade também cresce e recebe novas condições de desenvolvimento. Por isso, incentivamos essa parceria, bem como a participação dos nossos cursos em ações de extensão, que aproximam a UTFPR da sociedade”, destacou Idemir, lembrando que, recentemente, o Município autorizou a utilização, por parte da universidade, da estrutura da Universidade Aberta do Brasil (UAB) – Polo Pato Branco. Além disso, Idemir agradeceu o apoio da municipalidade no processo de renovação do comodato para manter a estrutura do centro estadual Lactec junto ao câmpus Pato Branco, o que está em andamento.

O presidente da Câmara de Vereadores, Carlinho Antonio Polazzo, evidenciou a presença da UTFPR no cotidiano e na história de Pato Branco. “Pato Branco, em sua história, saiu de uma economia essencialmente agrícola para, hoje, ter um polo tecnológico consolidado. Isso se deu, também, pela chegada da universidade, na década de 1990, e que hoje está incorporada na vida do pato-branquense. Por isso, a evolução constante e a inserção da instituição na sociedade, garante uma perspectiva de futuro promissor para Pato Branco, especialmente para a juventude”, completou.

O protocolo de intenções é um documento que antecede a doação do imóvel, que será efetivada através de um projeto de lei que, posteriormente, será encaminhado à Câmara de Vereadores. Paralelamente, a UTFPR viabilizará a criação de novos cursos.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários