Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeito sanciona Lei que altera zoneamento de Pato Branco

 

Após os vereadores votarem a favor da alteração, o prefeito Augustinho Zucchi sancionou a Lei nesta sexta-feira, dia 22

 

O prefeito Augustinho Zucchi sancionou na manhã desta sexta-feira, dia 22, a Lei Complementar nº 73, de 21 de dezembro de 2017, que transforma em Zona de Expansão Central 1 – ZC-1 a área constante na Macrozona Urbana de Adensamento Prioritário, conforme descrição delimitada no Anexo IV – Mapa de Zoneamento Urbano, da Lei Complementar nº 46, de 26 de maio de 2011. Na prática, a partir de agora, a zona norte da cidade, será um eixo de desenvolvimento, com ligação entre os bairros e possibilidade de crescimento comercial e vertical, pois poderão ser construídos edifícios com até 12 pavimentos e comércios com áreas grandes, como supermercados, grandes academias, além do shopping e a nova prefeitura.

O prefeito Augustinho Zucchi enalteceu a importância do momento, tendo em vista que oportunizará o desenvolvimento em uma nova área do Município e a instalação de uma grande empreendimento. “Ao compararmos o tamanho de nossa cidade com outras de mesmo porte, seremos uma das poucas a ofertarmos a estrutura que nosso shopping terá e, para chegarmos onde estamos hoje, foi todo um processo, que contou com a participação de inúmeras pessoas, entidades, empresas e o poder legislativo”, disse Zucchi.

Para Carlinho Polazzo, presidente da Câmara Municipal de Pato Branco, a alteração se fez necessária em virtude do crescimento que a cidade vem apresentando. “Um Município não pode ser refém da interpretação de uma Lei, ainda mais se levarmos em consideração a importância que Pato Branco tem para a região. Ao analisarmos apenas a questão do shopping, por exemplo, haverão inúmeros empregos diretos e indiretos criados para construção e operação do mesmo. Logo, o poder legislativo precisa ser parceiro dessa transformação, tendo como foco o benefício do maior número de pessoas”, afirmou Polazzo.

Um dos representantes do grupo investidor que irá viabilizar a construção do shopping, Edson Bianchi, contou que o espaço congregará cerca de 100 lojas. “Há algumas franquias que só se instalam dentro de shoppings e queremos oportunizar que elas venham para nossa cidade. Precisamos ter em vista, também, que o shopping tem a característica de atrair pessoas para dentro das cidades e isso elevará Pato Branco para um novo patamar da economia”, disse Edson, que agradeceu o empenho de todos os envolvidos em viabilizar a obra.

O chefe do Escritório Regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Valmir Tasca afirmou que houve uma dedicação extra da equipe na liberação das licenças iniciais necessárias. “Tudo que nos for pedido em benefício da população tem nossa total parceria e iremos acompanhar as obras realizadas lá, sempre priorizando o desenvolvimento aliado ao cumprimento da legislação”, ressaltou Tasca.

 

Audiência Pública

Antes da aprovação por parte dos vereadores e o sancionamento do prefeito, o projeto que pretendia transformar a área foi apresentado em uma audiência pública realizada na Câmara de Vereadores, no dia 07 de dezembro. Empresários, autoridades e a comunidade participaram, podendo conhecer melhor o projeto, esclarecer dúvidas e dar opiniões e sugestões. Só então os vereadores realizaram a aprovação da alteração do Plano Diretor que, em princípio, por lei, pode ser revisto apenas a cada 5 anos.

“As equipes da secretaria se dedicaram no estudo e elaboração do projeto, na forma mais adequada de como fazer essa verticalização e implantação do eixo de desenvolvimento, para que assim pudéssemos realizar a implantação dessa Lei”, explicou o secretário municipal de Planejamento Urbano, Emerson Michelin.

 

Revitalização do Centro de Pato Branco

Na ocasião, o prefeito, a partir de aprovação da Câmara, também assinou a autorização para contratação e abertura de crédito adicional especial ao orçamento do Município, que buscará recursos para a revitalização do centro de Pato Branco. “Nossa intenção é oferecer atrativos para que as pessoas possam aliar o consumo com o lazer, arborização, iluminação, ambientes para socialização e, também, valorizar o centro, espaço tradicional de Pato Branco”, explicou Zucchi.

O poder público irá buscar os valores necessários, mas o prefeito adianta que nenhum projeto foi feito até o momento. “Isso será feito com base em estudos e ouvindo nossos munícipes, pois não faremos nada sem planejamento. Queremos espaços bem pensados e organizados, tendo em vista que a cidade tem que oferecer às pessoas qualidade de vida”, enfatizou o prefeito.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários