Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Pato Branco tem o 7º maior IFDM do Paraná

Além de liderar na região Sudoeste do Paraná, município assume a 51ª posição no Brasil

 

Pato Branco se confirma enquanto uma das cidades mais desenvolvidas do Brasil. A cidade ocupa o 7º lugar do Paraná no Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), com destaque para a Saúde, Educação e geração de emprego e renda. Entre os 5.570 municípios brasileiros, Pato Branco assume a 51ª posição. Com o resultado, o município subiu 26 posições no ranking nacional, liderando na região Sudoeste do Paraná enquanto cidade que possui alto desenvolvimento. Os dados têm como base o ano de 2013 e foram divulgados na última sexta-feira (04).

O IFDM varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) para classificar o nível de cada localidade em quatro categorias: baixo (de 0 a 0,4), regular (0,4 a 0,6), moderado (de 0,6 a 0,8) e alto (0,8 a 1) desenvolvimento. Ou seja, quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da cidade.

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, ressalta que a avaliação consolida a representatividade do Município, reconhecido hoje como Cidade Digital pela Rede Cidades Digitais, assim como a 39º localidade mais inteligente do Brasil segundo a Revista Exame e a 4ª entre as cidades com até 100 mil habitantes no mesmo estudo. Já no ranking geral da Revista IstoÉ, que relaciona as melhores cidades de médio porte do Brasil, Pato Branco está na 25ª posição. Além disso, o município assume a terceira posição entre as cidades paranaenses que mais geraram empregos em 2015, até outubro.

“Enquanto o país vive uma fase de recessão, Pato Branco vivencia uma condição de prosperidade e se confirma enquanto um lugar de oportunidades. De fato este é um momento histórico, onde estamos entre os melhores municípios do país em desenvolvimento social e econômico. Isso é possível por termos uma agricultura forte, empresas consolidadas e economia diversificada, condições somadas à vocação empreendedora da população, o que também atende o planejamento municipal pelo estímulo à inovação”, pondera Zucchi.

O índice elaborado pela Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) avalia as principais áreas de desenvolvimento urbano: a saúde básica, a educação e a geração de emprego. O melhor indicador pato-branquense foi obtido na Saúde, 0,9047. Conforme Zucchi, o resultado faz parte de um planejamento estratégico para a área, visando um atendimento cada vez mais humanizado.

“Desde 2013, mais de 240 profissionais foram contratados para a Saúde aprovados em concurso. A estruturação também atende a ampliação das Equipes de Estratégia, Saúde da Família, o funcionamento da UPA 24 horas e a construção de 4 novas unidades de saúde, em execução nos bairros Novo Horizonte, São Cristóvão, Industrial e Fraron”, frisa Zucchi.

O município foi destaque ainda em Educação, registrando 0,8542. Em Emprego e Renda, o índice foi 0,8231 – o 29º melhor desempenho do Brasil na modalidade. “Tablets para os 4º e 5º anos da Rede Municipal, oficinas de robótica nas escolas, construção de 5 escolas e 3 creches, além de um trabalho permanente junto à Agência do Trabalhador, assim como na Sala do Empreendedor, nos deram condições de continuar em pleno desenvolvimento e em evidência em nível nacional”, completa Zucchi.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários