Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Pato Branco recebe movimento de apoio aos pequenos negócios

No último dia 05, no Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, Sebrae/PR, Prefeitura e Comitê Gestor realizaram várias ações mobilizadoras na praça Presidente Vargas

O Movimento Compre do Pequeno Negócio promoveu em Pato Branco, na praça Presidente Vargas, nesta semana, no dia 05 de outubro, um dia de sensibilização para a população, destacando que, ao comprar das micro e pequenas empresas, toda a economia se fortalece. O evento realizado no Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa foi uma parceria entre o Sebrae/PR e a Prefeitura de Pato Branco, com apoio do Comitê Gestor Municipal da Lei Geral da Micro e Pequena, Caixa Econômica Federal, Siccob, Sicredi, Banco do Brasil, Associação Empresarial de Pato Branco (ACEPB) e Sindicomércio.

Na estrutura montada na praça, orientações, atendimentos e também uma exposição de produtos e serviços de microempreendedores individuais atraíram o público. Uma carreata e a visita de consultores nas empresas, falando sobre o Movimento, marcaram ainda a programação do dia.

“A ideia, demonstra aos cidadãos que suas compras em pequenos negócios fortalecem a economia, foi atingida. Tivemos uma grande participação e também engajamento de entidades parceiras. Por outro lado, também buscamos incentivar os empresários a se capacitar, para que suas empresas atendam cada vez melhor os clientes e tenham melhores resultados”, detalhou Joailson Agostinho, gerente regional do Sebrae/PR no sudoeste do Estado.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pato Branco, Osmar Braun Sobrinho, a mobilização da sociedade, sobre a compra consciente dos pequenos, teve graças ao Movimento um início produtivo. “É claro que foi um primeiro passo, o início de um trabalho. Mas é extremamente importante demonstrar que comprar dos pequenos é também um ato de cidadania. Uma ação que gera empregos, que desenvolve o bairro e a cidade, que aumenta a arrecadação do Município e que impulsiona a produção local com o dinheiro ficando aqui”, comentou Osmar Braun.

A empreendedora Ery Novak levou à praça seus produtos em malha para demonstrar durante o Movimento. Para ela, a ação foi além de divulgar seu trabalho, mas também serviu para integrar os micro e pequenos empreendedores. “Claro que a gente aproveitou para fazer contatos e encaminhar negócios. Mas, acima de tudo, pudemos conversar entre nós e também entender e participar dessa iniciativa, que só favorece a gente a e cidade como um todo”, ponderou Ery.

Para a microempreendedora individual Leandra Linke, que montou seu próprio negócio, na área de alimentos sem glúten e lactose, há quatro meses, o Movimento valorizou os empreendedores da cidade. “O evento divulgou o nosso produto, nosso serviço e estabeleceu uma reflexão sobre os micro e pequenos negócios. O movimento precisa continuar e agregar mais empreendedores, porque isso fará a diferença, principalmente no atual momento da economia”, considerou.

A estudante Jaine Rodrigues Fonseca visitou os estandes dos microempreendedores individuais, durante o Movimento Compre do Pequeno Negócio, e aprovou a iniciativa. “Nos bairros, na cidade, a maioria dos locais de comércio e serviços é formada por micro e pequenos, que faz parte da nossa rotina diária. É interessante ter um movimento contínuo, para fortalecer esses negócios, pois, no futuro, a gente mesmo pode virar um micro ou pequeno empreendimento”, completou a estudante.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários