Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Pato Branco recebe cubanos do Programa Mais Médicos

Prefeito Zucchi apresentou os profissionais na manhã desta terça-feira (15), no gabinete municipal

Nesta terça-feira, dia 15, o prefeito Augustinho Zucchi apresentou os novos médicos cubanos que atuarão em Pato Branco. Os seis profissionais chegam ao Município através do programa Mais Médicos, do Governo Federal. Pato Branco terá oito médicos do programa, um argentino já atua na cidade há um mês e outro, da mesma nacionalidade, chegará em breve.

Na ocasião, o prefeito Zucchi anunciou a criação de três novas equipes de Estratégia e Saúde da Família (ESF) e contratou mais treze profissionais aprovados em concurso para a Secretaria de Saúde, entre enfermeiros (2), técnicos em enfermagem (3) e agentes comunitários de saúde (8).

“Esses novos médicos vão se somar a equipe de profissionais que nós temos, possibilitando a ampliação das equipes de Estratégia e Saúde da Família. São profissionais cubanos que estarão nas unidades de saúde, visitando as casas e fazendo a medicina preventiva. Este é um dia muito feliz para nós”, ressaltou Zucchi.

A secretária de Saúde de Pato Branco, Antonieta Chioquetta, lembrou que o Município contratou mais de 150 profissionais para a Secretaria de Saúde desde 2013.

“Tínhamos sete equipes de Estratégia e Saúde da Família e hoje contamos com 14, passamos de 30% de cobertura para quase 100%. Além de uma proposta do plano de governo do prefeito Zucchi, essa era uma importante meta pela qualidade da saúde pública do Município, que agora conta com mais esses profissionais”, destacou Antonieta.

Os seis profissionais cubanos passarão por um período de planejamento e familiarização. Eles integrarão a unidade de saúde da comunidade de São Roque do Chopim e do bairro São João. Nas novas equipes de Estratégia e Saúde da Família, os médicos atuarão na unidade do bairro Pinheirinho, que contará com uma segunda equipe de ESF para atender os bairros Vila Verde, Cristo Rei, parte do Santa Terezinha e os moradores do conjunto habitacional Santa Fé. Uma das novas equipes de ESF cuidará dos bairros Industrial e Bonato; na outra, os médicos atenderão os moradores da Baixada, São Vicente e parte do Santa Terezinha.

De Cuba para Pato Branco 

“Quero ajudar as pessoas que mais precisam”. A máxima dita pelo médico Norge Armas Bermudez foi reafirmada pelos colegas cubanos durante a apresentação dos profissionais. O idioma não foi um problema, pois ele e os colegas conseguiram expressar a expectativa de atuar em Pato Branco.

“Estou muito feliz por poder ajudar o povo brasileiro, principalmente o povo pato-branquense. Nós estamos preparados para trabalhar em qualquer lugar do mundo”, afirmou Norge, que também trabalhou na Venezuela.

Um atendimento preventivo e humanizado. É assim que a médica Lilibek Castillo Reyes projeta o trabalho realizado em Pato Branco. “Quero contribuir com os médicos de Pato Branco, ajudar a cuidar das pessoas, principalmente as mais necessitadas, dando muito amor aos pacientes. Tenho vontade de ajudar os brasileiros com a medicina cubana, pois nós gostamos muito de trabalhar perto das pessoas”, ponderou.

O argentino Tulio Cezar Augusto Rivas Marquez atua há um mês na unidade de saúde do bairro Alvorada e comenta como está sendo a experiência. “Não tive problema nenhum, está sendo bem tranquilo, a população está sendo bem receptiva. Creio que esse programa veio para ajudar a qualidade da saúde do país”, completou.

Entre os médicos cubanos que atuarão em Pato Branco, além de Norge e Lilibek, estão Mabel Contreras Llanes, Madelen Rodriguez Guerrero, Maidelis Espinosa Silva e Maikel Jorge Velazquez Pupo.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários