Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Paisagismo realizado pela Prefeitura é marca registrada de Pato Branco

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente realiza um trabalho permanente para que o município esteja sempre colorido. Em 2016, cerca de 1 milhão de flores foram plantadas na cidade.

Quem visita Pato Branco leva na memória mais do que a icônica Igreja Matriz São Pedro Apóstolo e a Praça Presidente Vargas. Leva, também, as cores das flores e a beleza dos canteiros que estão presentes em todo o anel central e arredores da cidade. Periodicamente, as equipes da Prefeitura fazem o replantio das flores, colocando sempre mudas da estação. O trabalho garante que a cidade seja retratada sempre bela, reconhecida Brasil afora pelo colorido das espécies.

O responsável pelo paisagismo e ajardinamento do Município, Djalma Giacomoni, explica que são realizadas de três a quatro trocas anuais em todos os espaços públicos que possuem as flores. “Somente no ano passado, realizamos a troca de cerca de um milhão de mudas de flores, sempre respeitando as espécies que se adaptam melhor a cada estação. Para este ano, nossa estimativa é de que haja um aumento de 10% a 15% de flores plantadas”, conta Djalma.

Antes de chegar às ruas, o trabalho inicia no Horto Municipal, onde as mudas são recebidas e tratadas com muito carinho. São diversas espécies, entre elas: tagetes, vinca, sálvia, zínia, impatiens, celósia e onze horas. O local lembra um arco-íris, tamanha a profusão de cores. Quem trabalha lá, garante que a ocupação é gratificante.

“É maravilhoso trabalhar em meio às flores e eu me sinto realizado, pois, como estou à frente dos trabalhos aqui há 26 anos, me sinto responsável por cada espécie de árvore e flor que foi plantada em nossa cidade após minha admissão”, contou José Carlos Rodrigues da Silva.

No viveiro municipal, também são produzidas 30 mil mudas de árvores nativas e frutíferas anualmente, que são entregues aos agricultores em ações do Município, como no Programa de Proteção e Conservação de Fontes, onde o entorno das nascentes recebe o plantio das árvores. Durante a Semana do Meio Ambiente e no Dia da Árvore, por exemplo, também são realizadas atividades de plantio de árvores envolvendo as crianças, visando a conscientização ambiental.

Outra peculiaridade do paisagismo pato-branquense são as oliveiras, plantadas há dois anos na lateral da Matriz São Pedro Apóstolo, que já estão dando frutos, sendo mais uma atração aos moradores e visitantes. “A ideia de plantá-las foi do prefeito Augustinho Zucchi e, como este espaço também é utilizado para decoração do Natal e da Páscoa, fizemos então o nosso próprio Monte das Oliveiras, em alusão ao local onde Jesus repassou alguns de seus ensinamentos”, explica Djalma. No total, há 29 oliveiras plantadas no local.

Além disso, há cerca de 300 cerejeiras ornamentais cultivadas nos trechos revitalizados das ruas Tocantins e Ivaí. Aliás, o projeto de paisagismo da nova Tocantins manteve a araucária na via. A árvore símbolo do Paraná, no meio da longa extensão pavimentada, já é reconhecida como mais um diferencial de Pato Branco, sucesso nas redes sociais.

As equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente também são responsáveis por realizarem outros tipos de cuidados, como a irrigação e acompanhamento periódico e a preparação e adubação da terra das flores que embelezam os canteiros, praças, rotatórias, além dos espaços públicos, como escolas e unidades de saúde. “O trabalho é constante, mas o retorno também é, pois é impossível estar em Pato Branco e passar indiferente às flores que embelezam nossa cidade”, conclui o secretário municipal de Meio Ambiente, Nelson Bertani.

 

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários