Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Depatran de Pato Branco participa de campanha de doação de sangue em alusão ao Maio Amarelo

A iniciativa, com o intuito de difundir a importância da coleta de sangue, contou com a parceria da Polícia Militar do município

A Prefeitura de Pato Branco, através do Departamento Municipal de Trânsito (Depatran), realizou uma ação conjunta com o 3º Batalhão da Polícia Militar de Pato Branco, na manhã desta sexta-feira (22), em alusão à campanha nacional do Maio Amarelo. Na oportunidade, os agentes de trânsito do Depatran e os policiais militarem aderiram à iniciativa e participaram de um ato solidário de doação de sangue para o Hemepar – Hemonúcleo Regional de Pato Branco, que é responsável pelo atendimento dos 15 municípios pertencentes à 7ª Regional de Saúde.

De acordo com o diretor do Depatran, Tenente-Coronel Robertinho da Luz Dolenga, o movimento Maio Amarelo tem a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de acidentes no trânsito e colocar em pauta o tema segurança viária, em decorrência disso que surgiu esta iniciativa de contribuir com o aumento do estoque de sangue da região. “Resolvemos unir esforços com a Polícia Militar através da doação de sangue, porque, inevitavelmente, alguns acidentados dependem dos hemocentros por conta da necessidade da transfusão de sangue e essa foi uma maneira que encontramos de chamar a atenção da população, tendo em vista que os acidentes de trânsito continuam sendo uma das principais causas de mortes e feridos no Brasil.”

Mesmo com o isolamento social os acidentes continuam a ocorrer e, em decorrência das medidas de contenção da pandemia do Coronavírus, o Depatran está veiculando a campanha este ano de forma digital, por meio das redes sociais, para dar visibilidade a esse movimento, de maneira inovadora, conforme contou Dolenga. “As palestras e as blitz educativas não poderão acontecer, então encontramos no meio digital uma maneira de alcançar toda a sociedade, com a disponibilização de vídeos de conscientização em relação à prevenção de acidentes, panfletos virtuais com frases de impacto, entre outras ações exclusivamente online.”

Segundo o comandante do 3º BPM de Pato Branco, Major Vicente Carvalho Júnior, além de ajudar o próximo, esta iniciativa auxilia na divulgação do Maio Amarelo. “A doação de sangue é algo comum entre os policiais militares durante todo o ano, mas em função da pandemia, sabemos que o estoque do Hemonúcleo diminuiu bastante, por isso, com a campanha, buscamos chamar a atenção de outras pessoas, para que tenham essa consciência e o hábito de ter atitudes de fazer o bem”, afirmou o Major.

A coordenadora do Hemonúcleo de Pato Branco, Silvia Pecin Acosta, enalteceu a iniciativa e a mobilização dos servidores do Depatran e da Polícia Militar. “Além de eles cuidarem do trânsito, eles estão cuidando da vida das pessoas, tanto dos pedestres, quanto dos motoristas e de toda a população. Esse é um objetivo que nós temos em comum, a preservação da vida, que para nós, se faz através da doação de sangue”, enfatizou Silvia.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários