Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Projeto de internacionalização de Pato Branco é apresentado para a comunidade

White Duck Connection visa intensificar a conectividade econômica e cultural do município

Na noite desta segunda-feira (25), foi apresentado para a comunidade, no auditório do Sesi, o White Duck Connection (WDC), um projeto de internacionalização, que visa intensificar a conectividade econômica e cultural de Pato Branco com outros países, potencializando o ambiente de desenvolvimento de novos negócios, especialmente os tecnológicos. A iniciativa, do Instituto Regional de Desenvolvimento Econômico e Social (Irdes), em parceria com a Prefeitura de Pato Branco, é resultado de mais de um ano de diálogos com as mais diversas entidades da sociedade civil. Participaram do evento líderes das entidades civis, empresários, vereadores e a imprensa.

A construção do projeto partiu da iniciativa do presidente do Irdes, Cláudio Petrycoski; do prefeito Augustinho Zucchi; do secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Natalino Dutra; do profissional com formação em Relações Internacionais e Estudo Globais, Jin Bruno Petrycoski e do dirigente do Irdes, Marcelo Dalle Teze. No encontro, já foram formadas “frentes estratégicas transformadoras para a internacionalização”, ou seja, o grupo de pessoas que trabalharão em ações específicas para o aprimoramento do WDC, como o aprendizado de um segundo idioma; o entendimento sobre exportação e importação; intensificação de intercâmbios e criação de um banco de informações de oportunidades de cursos; entre outras.

O prefeito Augustinho Zucchi destacou que é preciso acompanhar a evolução dos fatos e que o ser humano deve ser o protagonista deste processo. “É um projeto extraordinário, que oportuniza estreitarmos relação com qualquer cidade do mundo, realizando negócios, fomentando a economia criativa, fazendo intercâmbio dos mais diversos conhecimentos. É um desafio de toda a comunidade, que com planejamento e integração de propósitos, garantem um caminho muito promissor, em um futuro não muito distante”, salientou.

Conforme o empresário Cláudio Petrycoski, o White Duck Connection é um projeto de médio a longo prazo, que cria oportunidades a partir da conectividade com cidades e cidadãos de outros países, referências em desenvolvimento. “Queremos criar as mais diversas possibilidades, nas mais diversas áreas: na cultura, na inovação, na informática, na robótica, na educação, nas comunicações, na biotecnologia, no turismo, na agricultura, na indústria e no comércio. Assim poderemos interagir com o saber de altíssimo nível criando um círculo virtuoso de prosperidade”, ressaltou.

O secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Natalino Dutra, reforçou que o WDC potencializará o ambiente de desenvolvimento de novos negócios, aproximando Pato Branco dos mais diversos países, de todos os continentes. “A iniciativa do Irdes veio de encontro com o que a prefeitura já buscava e, juntos com a comunidade, construiremos essa ponte de experiências, oportunidades, intercâmbios. A tecnologia intensifica as transformações e esse projeto fará com que sejamos cada vez mais uma cidade desenvolvida”,enfatizou.

Jin Bruno Petrycoski, que possui experiências profissionais fora do Brasil, afirmou que o principal desafio é inserir Pato Branco no Programa “Sister Cities International” (Cidades Irmãs), visando estreitar relações com cidades diferenciadas e estimulando a criação de uma consciência de oportunidades. “Queremos trazer multinacionais para a nossa cidade, criar um ecossistema internacional positivo, promover sinergia com diversos municípios do mundo para ter esse intercâmbio econômico, cultural e social. Fomentar e trazer mais prosperidade para Pato Branco”, frisou.

Referência

Participou do evento de lançamento do White Duck Connection, o superintendente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Coreia, Pablo Palhano, que na oportunidade, convidou o prefeito Augustinho Zucchi para representar os prefeitos do Brasil na Comissão Nacional de Desenvolvimento e Investimento Brasil (CNDI-Brasil), da Câmara do Comércio e Indústria Brasil Korea – Paraná (CCIBK-Paraná).

Palhano enfatizou que Pato Branco está no caminho certo. “Esse projeto é grandioso para Pato Branco, possibilitará atrair investimentos para a cidade, fazer parcerias com as universidades para o intercâmbio acadêmico, além da troca cultural e esportiva. É um grande avanço, é inovador e, trará grandes resultados”, observou.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários