Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Ecossistema de inovação do Sudoeste do PR reforça intercâmbio com incubadoras do exterior

Encontro ibero-americano, realizado em Foz do Iguaçu, teve representantes de dez países

 

Representantes do Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, Peru, Colômbia, El Salvador, Costa Rica e México participaram do 1º Encontro Ibero-americano de Incubadoras e Redes, realizado no Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu, entre 2 e 4 de julho. A região Sudoeste do Estado contou com representantes das incubadoras de Pato Branco e Francisco Beltrão e das secretarias municipais relacionadas aos municípios.

Coordenado pela Rede Ibero Americana de Incubadoras (Retei), com apoio da Rede Paranaense de Incubadoras e Aceleradoras de Empreendimentos Inovadores (ReinovaPR), Sebrae/PR e Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), o evento teve oficinas, palestras, a elaboração de planejamento estratégico conjunto e encaminhamento de parcerias.

O ecossistema de inovação do sudoeste do Paraná contou com integrantes nas discussões. Elizandro Ferreira, consultor da Regional Sul do Sebrae/PR e gestor dos projetos de Inovação, Startups e Educação Empreendedora, acredita que o evento será um divisor de águas para as incubadoras sudoestinas, com as quais o Sebrae/PR tem parcerias.

“Até então, nenhuma incubadora fazia parte da rede ibero-americana, que conta com 20 incubadoras de México, Costa Rica, El Salvador, Peru, Colômbia, Chile, Paraguai e Argentina. Com o termo de cooperação entre a ReinovaPR e a Retei, os horizontes se ampliam significativamente”, pontua Elizandro.

Na avaliação do consultor, o acordo possibilitará o acesso a novos mercados e trocas de experiências tanto dos gestores de incubadoras como dos próprios incubados.

“O avanço vem ao encontro dos objetivos de internacionalização das startups incubadas atualmente atendidas pelo projeto do Sebrae/PR pois, com a rede, será possível desenvolver ações diretas nesse sentido”, completa Elizandro Ferreira.

Também participaram do encontro ibero-americano os representantes da Incubadora Tecnológica de Pato Branco (ITECPB) e da Incubadora de Empreendimentos Inovadores e Tecnológicos (Findex), de Francisco Beltrão.

Géri Natalino Dutra, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pato Branco, destaca a oportunidade de ter contato com incubadoras do exterior.

“Pudemos entender os problemas e sucessos de cada incubadora. A aproximação vai facilitar o intercâmbio e até mesmo abrir mercados. No evento, planejamos um conjunto de ações para a rede ibero-americana, já pensando no futuro”, detalha Géri. O secretário conta que também estão ocorrendo contatos individualizados, com trocas de materiais de incubadoras do Chile, Argentina, Paraguai, Colômbia, Peru e El Salvador.

Inácio Rodrigues Pereira, secretário de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico de Francisco Beltrão, considera positivo o evento, que proporcionou destaque à incubadora do município, Findex.

“Nossa incubadora foi referência, por ser a única participante do encontro em processo de certificação do Cerne (Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos). Um dos encaminhamentos finais foi de usar especialmente o Cerne como referência para modelo de boas práticas. E a Findex está servindo com inspiração para as demais”, comemora Inácio.

Matéria: Assessoria de Imprensa do Sebrae/PR

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários