Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Francesco Farruggia fala sobre revolução digital

Uma das palestras mais aguardadas pelos participantes do II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste, realizado nesta quinta-feira (25), em Pato Branco, foi a do presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia. Utilizando um quadro negro para sua explanação, ele evidenciou a evolução tecnológica como fator de rápida mudança social, apontando possibilidades para o futuro, assim como para a relação entre esfera pública e cidadãos.

Com o tema “Cidades inteligentes, cidadãos digitais”, Francesco pontuou aspectos do processo de transformação entre a Revolução Industrial e a Revolução Digital, vivenciada atualmente. Nesse paralelo, afirmou que as novas gerações, nativas tecnológicas e digitais, têm novas perspectivas, em que a sociedade precisa acompanhar essa mudança.

“Percebo que uma pessoa de 25 ou 30 anos, mesmo que seja jovem, foi influenciada pelos moldes antigos, almejando estudar, trabalhar, casar, comprar um carro, casa e fazer isso para os filhos, que recomeçam o ciclo. A nova geração, com menos de 20 anos, não quer apenas isso, quer mudar o mundo. Foi uma alternância de valores muito rápida, que reflete a interferência da tecnologia na nossa vida”, explicou.

Essa mudança também aparece na Educação, uma vez que os jovens preferem modelos onde o conhecimento é construído coletivamente. “Até o ensino superior terá que mudar, pois nos quatro anos de uma graduação, outras mudanças sociais acontecem nesse meio tempo”, afirmou Francesco.

Outro ponto mencionado por Francesco foi a democratização oportunizada pela tecnologia, onde o conhecimento, assim como o capital, não estão mais restritos apenas a grandes empresas.  Hoje, inovações podem surgir em qualquer lugar, pois o mercado busca pessoas talentosas e criativas.

Nas palavras de Francesco, “todo esse ecossistema que está se desenvolvendo em Pato Branco pela Administração Municipal é o ideal, pois favorece a inclusão, participação e a disseminação do conhecimento. Pode-se dizer que antes só mudava o mundo quem fazia Harvard, hoje uma criança de Pato Branco pode ser o próximo Zuckerberg”, completou.

Francesco é sócio da Futura Networks Worldwide, empresa organizadora da Campus Party – a maior experiência tecnológica do mundo, que reúne jovens geeks em um festival de inovação, criatividade, ciência, empreendedorismo e entretenimento digital. Realizada desde 1997, na Espanha, a maratona se internacionalizou a partir de 2008 e hoje tem edições no Brasil, Inglaterra, Alemanha, Colômbia, México, Equador, El Salvador e outros países.

O II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste Paranaense foi realizado por meio de uma parceria entre Prefeitura, Associação de Municípios do Sudoeste Paranaense (AMSOP), com apoio do Sebrae, Acampar, Acamsop, Assespro/PR, Associação de Municípios do Cantuquiriguaçu e Agência de Desenvolvimento do Sudoeste. Contou com o patrocínio ouro da Exati Tecnologia, IDS e Ampernet Telecom e prata da Huner TI Colaborativa.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários