Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Pato Branco realiza Feira do Peixe na Semana Santa

Em Pato Branco, acontece mais uma edição da Feira do Peixe da Semana Santa. No Pavilhão São Pedro e no Mercado do Produtor, a comercialização segue até esta quinta-feira (24), das 08h às 19h, onde é possível optar por peixes limpos, inteiros ou filetados. Para levar o peixe limpo para casa, basta pagar mais R$ 1,00 por quilo. Mas a feira segue nos próximos dias em demais pontos da cidade, no perímetro urbano e no meio rural. A organização é da Prefeitura, juntamente com a Associação Pato-branquense de Criadores de Peixes.

Segundo o secretário municipal de Agricultura, Clodomir Ascari, estão disponíveis para comercialização 60 toneladas de peixes, de diversas espécies. “A variedade e qualidade das espécies produzidas pelos nossos piscicultores reforçam o potencial da agricultura de Pato Branco. A feira é um estímulo aos produtores, que divulgam o seu trabalho e ainda têm um retorno financeiro significativo”, avalia o secretário.

O presidente da Associação Pato-branquense de Criadores de Peixes, Sidnei Ronsani, afirma que a feira é uma oportunidade importante para a categoria, pois valoriza os produtores locais. “Além de ser uma tradição, a feira mantém a sua principal característica que é oferecer peixes frescos, de qualidade e com preços variados”, aponta Sidnei.

A produtora Márcia Preisler participa da feira há seis anos e conta que a repercussão é sempre boa. “A participação oportuniza mais do que as vendas do momento, pois favorece a divulgação dos nossos produtos e isso continua nos dando retorno após a feira”, comenta.

Ela conta que a procura, tanto para peixes vivos quanto para peixes limpos, está bem equilibrada. “Se formos comparar o preço do peixe com outras carnes, o valor está ótimo e, ainda, a carne de peixe é nobre e tem uma série de benefícios para a saúde”, ressalta Márcia.

Rafael Bianchi foi com a família comprar os peixes, motivado pela qualidade e pela variedade. “Aqui é melhor, porque além do peixe ser fresco e de qualidade, tem variedade de espécie para podermos escolher e, ainda, o preço é mais acessível”, contou.

Neste ano, estão disponíveis para venda as seguintes espécies: tilápia, carpa cabeça grande, carpa húngara, carpa capim, catfish, pacu, traíra e pintado. Os valores variam de R$ 12,00 a R$ 26,00 o quilo, de acordo com a espécie. Além do Pavilhão São Pedro e do Mercado do Produtor, a comercialização ocorre em:

Pesque pague Carneiro

Durante toda a semana, das 8h às 21h

 

Pesque pague Preisler

Quarta (23), quinta (24) e sexta-feira (25), das 8h às 21h

 

Pesque pague Fiorentin

Durante toda a semana, das 8h às 21h

 

Comunidade Independência, na propriedade de Vinicio Facin

Quarta-feira (23), das 8h às 12h

 

Bairro Novo Horizonte

Quinta-feira (24), das 8h às 19h

 

Bairro Cristo Rei (em frente a Igreja)

Quinta-feira (24), das 8h às 19h

 

Bairro Planalto (em frente ao Colégio Caic)

Quinta-feira (24), das 8h às 19h

 

Avenida Tupi (anexo ao Restaurante Monteiro)

Quinta-feira (24), das 8h às 19h

 

Estacionamento do Supermercado Manfrói (bairro Bortot)

Quinta-feira (24), das 8h às 19h

 

Estacionamento do Supermercado Manfrói (bairro Menino Deus)

Quinta-feira (24), das 8h às 19h.