Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Expopato 2014 valoriza a agricultura familiar da região Sudoeste

Queijos, melados, sucos naturais, geléias, mel. E que tal uma peça de artesanato ou uma orquídea? Essas são algumas das opções do Espaço da Agricultura Familiar da 16ª Exposição Feira Agropecuária Industrial e Comercial de Pato Branco – Expopato 2014. Vinte e quatro expositores de Pato Branco, Francisco Beltrão, Marmeleiro, Mariópolis, Capanema, Clevelândia e Irati integram o espaço, promovido pela Prefeitura de Pato Branco.

Essa é a primeira vez que Erton Gustavo Feix, de Capanema, participa da Expopato. Ele está apresentando produtos da Loli Biscoitos Caseiros e da Agroindústria Familiar de Derivados de Cana, de Capanema. Ao participar da feira, Erton pretende estabelecer os produtos no mercado local. “Está sendo uma experiência nova, pelo tamanho da Expopato. O nosso foco principal é a divulgação, mas a comercialização é sempre boa. Os visitantes estão gostando dos produtos”, disse.

Há cerca de um ano, o agricultor Jean Carlos Missio montou o “Orquidário Beija-flor” na propriedade da família, na localidade São Braz, em Pato Branco. Hoje, ele mantém a produção de grãos com o cultivo das mudas, cuja participação na Expopato objetiva divulgar o orquidário e as mais de 150 variedades que pretende dispor, entre elas a Vanda – pouco popular na região, que não usa substrato e caracteriza-se pelas cores, pelas raízes limpas e soltas.

“O orquidário é uma atividade que eu gosto muito. É algo a longo prazo, mas a Expopato está divulgando bastante. Muitos visitantes vieram no nosso estande e não conheciam a Vanda e agora sabem que nós temos essa flor”, ressaltou.

Destaque também para a variedade das peças artesanais, feitas por agricultoras do projeto Mulheres Rurais, desenvolvido pela Secretaria de Agricultura, e por artesãs que residem no perímetro urbano, presentes no estande organizado pela União de Bairros. Ornamentos e enfeites natalinos, feitos até com materiais reutilizáveis, chamam atenção pela criatividade.

No estande da União de Bairros, são quinze artesãs. Entre elas, a aposentada Neli Fátima Moraes, 58 anos, que levou mais de 300 peças para comercializar na feira.  “Sempre me preparo para participar da Expopato, porque a feira é a melhor coisa que tem para nós artesãs. É a maior festa, aqui a gente mostra o produto, temos retorno”, conta Neli.

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, ressalta que a Expopato 2014 está valorizando a agricultura familiar, oportunizando a comercialização do que é produzido no meio rural. “Os produtores rurais estão mostrando a qualidade e potencial da agricultura familiar, de Pato Branco e região. Isso reforça a amplitude da Expopato, que oferece opções em várias áreas, valorizando também os pequenos produtores”, pondera Zucchi. O espaço da Agricultura Familiar é realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, com apoio e Departamento de Cultura.

Mais opções

No Espaço da Agricultura Familiar, agricultores de Irati comercializam polpas de fruta, sucos e geléias de amora; produtores de Marmeleiro participam com queijos; de Mariópolis, com vinho; produtos a base de extrato de girassol e sementes de chia vieram de Francisco Beltrão; o Colégio Agrícola Assis Brasil, de Clevelândia, também está participando.

Realização

A Expopato 2014 é promovida pela Prefeitura de Pato Branco, Associação Empresarial de Pato Branco (ACEPB), Sindicomércio e Sociedade Rural Pato Branco. Esta edição conta com o patrocínio do Banco do Brasil, Sanepar, Ampernet, BRDE, GarantiSudoeste-PR, TV Sudoeste e Diário do Sudoeste, com apoio de Karina Alimentos, Água Clara, Sicoob e Câmara Municipal de Pato Branco.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários