Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Professores da Rede Municipal de Educação recebem formação continuada em Matemática

O Município de Pato Branco, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, em parceria com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), promoveu, nesta quarta-feira, dia 22, mais uma etapa da formação continuada em Matemática para os professores da Rede Municipal de Educação. Foram realizadas diversas atividades direcionadas, visando o planejamento de atividades em contextos em que a disciplina esteja aplicada na rotina dos alunos.

A secretária municipal de Educação e Cultura, Heloí Aparecida De Carli, explica que a capacitação faz parte da programação de atividades organizadas pela Secretaria. “O aprimoramento na formação de nossos professores pretende oportunizar uma atualização constante da didática, fazendo com que os conteúdos em sala de aula sejam apresentados de maneira a despertar nossos alunos para as possibilidades do conhecimento”, disse Heloí.

Marlova Estela Caldato, professora do curso de Licenciatura em Matemática e do Programa de Mestrado em Matemática da UTFPR, promoveu a formação e afirmou que o objetivo, além de ser uma maneira de aproximar a universidade da comunidade, é trabalhar os conteúdos matemáticos, tendo em vista que os níveis iniciais são de fundamental importância para a formação futura dos alunos.

“A Matemática está envolvida nos mais diversos processos das nossas rotinas, como os elementos geométricos e os preços nas compras do supermercado, por exemplo. Então é possível ensinar a disciplina, conceituando e inter-relacionando com nosso cotidiano, tornando-a mais atrativa e de fácil entendimento”, contou Marlova.

A professora da Escola Municipal do Bairro Planalto (CAIC), Silei Gerlach, participou da formação e disse que os assuntos são totalmente aplicados em sala de aula. ”A oficina é muito proveitosa, pois conseguimos trabalhar os conteúdos, fortalecendo nossa maneira de trabalhar e, com isso, despertando o interesse dos alunos pela matemática”, avaliou a professora.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários