Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura de Chopinzinho conhece metodologias da Secretaria de Educação de Pato Branco

 

Na última quinta-feira, dia 17, a secretária municipal de Educação e Cultura de Pato Branco, Heloí Aparecida De Carli e equipe, receberam a secretária municipal de Educação de Chopinzinho, Edina Accorsi, acompanhada por profissionais que atuam na Rede Municipal de Chopinzinho. Após uma apresentação das atividades realizadas e das metodologias utilizadas, as equipes visitaram escolas e Centros Municipais de Educação (CMEIs) de Pato Branco.

A secretária de Educação de Chopinzinho, Edina Accorsi, afirmou que a vinda da comitiva teve o objetivo de conhecer os trabalhos realizados em Pato Branco. “Estamos acompanhando os índices que Pato Branco vem alcançando na Educação e viemos conhecer as ações que vêm sendo realizadas, principalmente com o apoio das tecnologias, como o tablet e a robótica”, explicou Edina.

De acordo com a secretária Heloí Aparecida De Carli, a visita representou o reconhecimento do trabalho realizado na Rede Municipal de Pato Branco. “Estamos realizando inúmeras ações assertivas na Educação e isso faz com que representantes de outras cidades nos visitem para conhecer as nossas metodologias. Isso nos estimula a continuar investindo e desenvolvendo atividades para que nossos alunos se destaquem cada vez mais”, afirmou a secretária.

Além da secretária municipal de Educação, Edina Accorsi, a comitiva de Chopinzinho foi composta pela oficial administrativa da Secretaria de Educação, Roseli Scolari Lorenzi, o diretor da Escola Municipal Coronel Santiago Dantas, João Bueno, a diretora da Escola Rural Municipal Mario Bettega, Fernanda Richetti e a diretora do Centro Municipal Educação Infantil Primeiros Passos, Rosana Maria Luccasecco.

Educação de Pato Branco

A Rede Municipal de Educação de Pato Branco possui o melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) do Paraná, entre cidades de médio porte, com a média de 7,1. A evolução foi grande, considerando que, em 2013, a média era 5,9. Para melhorar o desempenho, diversas ações foram desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

São mais de 8 mil crianças atendidas diariamente em 26 escolas e 23 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). “Para avaliar o desempenho dos alunos e projetar os avanços, desde 2013, é desenvolvida uma avaliação diagnóstica nos meses de maio e outubro, com alunos do 1º ao 5º ano, utilizando-se dos mesmos critérios do INEP/MEC. A partir da análise dos dados, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura encaminha orientações e sugestões de ações para todas as escolas”, destaca a secretária Heloí.

Destaque também para a implantação da Equipe Multidisciplinar, composta por psicóloga, fonoaudióloga, pedagoga e psicopedagoga, que acompanha alunos inclusos na Educação Especial. Além disso, houve a contratação de mais de 140 profissionais através de concurso, entre professores, merendeiras e zeladoras.

O fortalecimento da Educação em Tempo Integral também merece destaque. O aumento do número de alunos atendidos na modalidade passou de 798 em 2012, para 2.350 em 2016. Ou seja, a ampliação das oficinas oportunizou que mais 1.552 alunos pudessem desenvolver novas habilidades, como música, teatro, dança, entre outras, além de trabalhar letramento e raciocínio lógico. Para tanto, Pato Branco conta, ainda, com a Escola Municipal de Artes, que oferece oficinas circenses e artísticas.

Mas, certamente, entre os principais diferenciais da Educação de Pato Branco está a inclusão da tecnologia no ambiente escolar. Em agosto de 2013, iniciou o Programa Clique Conhecimento, com a disponibilização de tablets educacionais a alunos dos 4º e 5º anos, assim como aos professores que lecionam nessas turmas. Notebooks também foram ofertados a boa tarde dos docentes. Paralelamente, as oficinas de robótica estimulam a criatividade e a percepção das crianças em relação ao uso construtivo das tecnologias. Houve, ainda, a revitalização de laboratórios de informática das escolas e capacitações de professores e alunos, para o uso das tecnologias.

A partir da utilização dos tablets educacionais e dos mais de 40 aplicativos pedagógicos existentes nas ferramentas, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura implantou a Maratona do Conhecimento, voltada a alunos dos 4º e 5º anos. “No projeto, estudantes e professores trabalham os conteúdos em sala de aula, em diversas atividades lúdicas e com o uso das tecnologias. O objetivo principal é garantir uma base comum de conteúdos trabalhados em toda a Rede Municipal e, ainda, motivar a busca por conhecimento por parte das crianças”, pontua Heloí.

Para a execução desses programas e ações inovadoras, foram implementadas atividades de formação continuada aos professores, incentivando o aprimoramento profissional, com destaque para a parceria com a UTFPR – Câmpus Pato Branco e com o Sesc. Houve, ainda, a adesão ao Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa – PNAIC, do Ministério da Educação.

Paralelamente ao planejamento pedagógico, o Município trabalha pela estruturação física da Rede Municipal. Desde 2013, duas escolas foram construídas e já estão em funcionamento, no bairro Veneza e na comunidade de Passo da Ilha. O mesmo aconteceu nos bairros São Cristóvão e Parque do Som, que receberam novos CMEIs. Além disso, outras três escolas estão em construção, nos bairros Parque do Som, São João/Alto da Glória e São Francisco; neste bairro, também, está sendo construído um CMEI.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários