Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Município inicia ano letivo com mesa redonda para profissionais da Educação

O Município de Pato Branco, através da Secretaria de Educação e Cultura, realizou a abertura das atividades do ano letivo de 2017 nesta quinta-feira, dia 02, com uma mesa redonda para os profissionais da educação. No evento, estavam presentes professores, coordenadores, diretores, bem como, a equipe da secretaria de Educação e Cultura e o secretario de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Natalino Dutra.

A mesa redonda, com tema principal: “Como otimizar tempo e espaços para que as crianças aprendam?”, foi mediada por Jusara Santos Ritzmann. Os sub-temas abordaram: “Organização dos espaços e tempos escolares”, com Clair Presler; “Criatividade e disciplina como princípio de organização para que a aprendizagem ocorra”, com Cristiani Albani Girolometto e “Reflexos da afetividade e dos relacionamentos interpessoais na aprendizagem das crianças”, com Greicy Perotoni.

A secretária de Educação e Cultura, Heloí De Carli, teceu as considerações finais enfatizando que a mesa redonda, organizada pela Equipe Pedagógica da Secretaria de Educação, oportunizou a reflexão sobre os aspectos principais da organização escolar. “Planejamento dos espaços e tempos e a importância de um projeto coletivo de escola. Tudo isso permeado pela afetividade, pois já está comprovado por estudiosos, que os sentimentos se constroem a partir das relações que se estabelecem no cotidiano. A criança precisa ser educada num ambiente alegre e motivador”, pontuou Heloi.

A diretora da Escola Municipal Jardim Primavera, Geovana Mattei da Silva participou das atividades e afirmou que elas resultam em qualidade de ensino na sala de aula. Ela também ressaltou a importância do professor ser um elo entre o que os alunos já sabem e o novo conhecimento. “Nós precisamos realizar a conexão entre o conhecimento prévio do aluno com os conteúdos que precisamos que ele aprenda, aproveitando o potencial dele. Por isso, cada aluno deve receber um olhar diferenciado e, o professor, encontrar as habilidades de cada criança e trabalhar os conteúdos com base em suas aptidões”, disse a diretora.

Sobre as atividades paralelas, como as oficinas de robótica, Geovana acredita que isso acaba motivando os alunos. “Muitas vezes temos alunos que não se descobrem na matemática ou no português, por exemplo, e isso faz com ele perca o interesse no seu aprendizado e tenha atitudes indisciplinadas. Mas, ao participar de aulas como a de robótica, ele se encontre, foque nos saberes que ele já possui. Isso acaba motivando-o a entender as outras disciplinas, por perceber que o conhecimento está interligado”, conclui a diretora.

A secretária solicitou, ainda, que cada Escola planeje e execute uma ação semanal, às sextas-feiras, sobre o combate à dengue, para que as crianças atuem em suas famílias como agentes de conscientização no combate ao mosquito.

Convite

A presença do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Natalino Dutra, teve o intuito de convidar as equipes da educação para que o encerramento da Maratona do Conhecimento seja realizado durante a Inventum que, neste ano, receberá, também, uma edição da Campus Party, maior evento de tecnologia do mundo.

“Queremos a participação da comunidade, que ela se sinta próxima da tecnologia. Para isso precisamos da parceria com a educação, com o engajamento de profissionais capacitados que nos ajudarão a criar um ambiente favorável e com estímulo para a inovação. Será uma construção coletiva onde o mundo acompanhará os resultados”, afirmou Géri.

Volta às aulas

Na quarta-feira, dia 01, cerca de 3.700 crianças que freqüentam os Centros Municipais de Educação (CMEI) retornaram às atividades. Na segunda-feira, dia 06, será a vez dos 4.500 alunos do ensino fundamental voltarem das férias.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários