Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Pato Branco tem o 4º maior IFDM do Paraná e ocupa a 19ª posição no Brasil entre os municípios mais desenvolvidos

Desde 2013, o município subiu 32 posições no ranking nacional

Pato Branco mantém o momento de pleno desenvolvimento e volta a ser destaque no Brasil. Entre os 5.571 municípios brasileiros avaliados, Pato Branco assume a 19ª posição no Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), que tem como base principal de análise as áreas da Saúde, Educação e geração de Emprego e Renda. No Paraná, a cidade ocupa o 4º lugar.

A nova edição do estudo foi divulgada recentemente pelo Sistema Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), com base em dados oficiais de 2016. No estudo que possuía como referência o ano de 2013, por exemplo, a cidade ocupava a 51ª posição no País. Dessa forma, considerando o desempenho da cidade nos últimos anos, o município subiu 32 posições no ranking nacional.

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, evidencia o trabalho integrado e o planejamento realizado em todas as áreas da administração municipal, por meio de programas e ações que visam preparar a cidade para o futuro, oportunizando o desenvolvimento pleno e com qualidade de vida.

“Seguimos nos destacando, na contramão da crise, justamente porque temos um programa de governo voltado ao planejamento do futuro ordenado e sustentável da nossa cidade. Saúde, educação, geração de renda e infraestrutura seguem como as nossas prioridades e o Índice Firjan vem coroar o trabalho que está sendo realizado”, frisa Zucchi.

Com o 4º lugar no Paraná, Pato Branco lidera na região Sudoeste, ficando atrás apenas das cidades paranaenses Apucarana, com o melhor desempenho do Estado, seguida por Toledo e Paranavaí.

O estudo                                                                                                                             

O IFDM varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) para classificar o nível de cada localidade, em que os municípios são enquadrados em quatro categorias: baixo desenvolvimento (de 0 a 0,4), desenvolvimento regular (0,4 a 0,6), desenvolvimento moderado (de 0,6 a 0,8) e alto desenvolvimento (0,8 a 1).

Nesse sentido, Pato Branco é considerada uma cidade com alto desenvolvimento, por possuir o IFDM geral de 0.8737. Considerando as áreas analisadas, o melhor indicador pato-branquense foi obtido na Saúde, 0,9370. O município foi destaque ainda em Educação, registrando 0,9183. Em Emprego e Renda, o índice foi 0,7656.

No Brasil, apenas 431 municípios (7,9%) alcançaram a classificação de alto desenvolvimento. O Índice Firjan analisa as áreas de emprego e renda, saúde e educação e são avaliadas conquistas e desafios socioeconômicos de competência municipal: manutenção de ambiente de negócios propício à geração local de emprego e renda, educação infantil e fundamental, além de atenção básica em saúde.

Pato Branco na contramão da crise nacional

O estudo evidencia o momento de recessão econômica vivenciada pelo País e analisa de que forma o cenário afetou as principais áreas de referência. O Brasil levou sete anos para incluir 103 municípios no grupo dos que possuem desenvolvimento alto ou moderado na vertente Emprego e Renda, contudo, em apenas três anos, a crise conseguiu retirar 936 municípios dessa categoria.

Momento único

Com mais de 80 mil habitantes, Pato Branco é uma das cidades mais desenvolvidas do País. O Município é reconhecido como Cidade Digital pela Rede Cidades Digitais, assim como a 5ª cidade mais inteligente do Brasil, segundo a Revista Exame, em estudo divulgado em 2017 e que considerou cidades com até 100 mil habitantes.

Já no ranking geral da Revista IstoÉ, que relaciona as melhores cidades de médio porte do Brasil, Pato Branco está na 25ª posição. Em 2016, a cidade foi destaque na revista britânica The Economist.

Já em 2017, um novo estudo divulgado pela Exame apontou Pato Branco como a 11ª melhor cidade para envelhecer no País e a 1ª no Paraná, devido as ações voltadas à qualidade de vida para os idosos, considerando cidades brasileiras de pequeno e médio porte. Outro estudo divulgado pela Exame, também em 2017, destacou Pato Branco como a 11ª melhor saúde do Brasil, liderando no Paraná.

Destaque ainda para a Rede Municipal de Educação, que atingiu a média de 7.1 no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb) em 2015. Com o resultado, Pato Branco está em 1º lugar no Ideb no Estado do Paraná, considerando as cidades de médio porte, que possuem entre 50 mil e 100 mil habitantes.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários