Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Pato Branco promove I Festival Infantil da Canção

 

Uma noite emocionante para as crianças, os pais e o público que acompanharam um espetáculo de revelação de talentos


Depois de 30 anos, Pato Branco voltou a viver a emoção dos festivais de música. Na noite desta quarta-feira, dia 31, a Prefeitura de Pato Branco promoveu o I Festival Infantil da Canção – Canto Livre, com a apresentação de 27 crianças. O evento foi realizado no Clube Pinheiros e contou com a participação de familiares, amigos, autoridades, imprensa e a comunidade em geral, que foi até o local prestigiar as crianças e acompanhar um espetáculo de revelação de talentos.

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, ressaltou que a iniciativa celebra a retomada dos festivais na cidade, o que não ocorria há muitas décadas, sendo o primeiro festival infantil municipal da história do município. “Foi um sucesso extraordinário o primeiro Festival Infantil feito por nós. Muitas crianças participaram deste que foi um incentivo à música e à preservação dos valores musicais. Isso, para nós, é fundamental, por que mobiliza as nossas escolas, a comunidade, as famílias e oportuniza que novos talentos sejam revelados, especialmente das nossas crianças na música”, destacou Zucchi.

A diretora do Departamento Municipal de Cultura, Eliane Gauze, explica que para fazer o Festival, foi necessário muita dedicação, em virtude do número de pessoas envolvidas. “Cada pedacinho do que planejamos deu certo e, juntamente com a banda e familiares, garantimos um ótimo espetáculo para o público e uma experiência fantástica para as crianças, que guardarão este momento com muito carinho. Elas foram vitoriosas por se desafiarem e subirem ao palco, mostrando seus dons”, comemorou Eliane.

A vencedora, Mayara Lindsey Klipstein da Silva, 10 anos, conta que não foi a primeira vez que subiu aos palcos e que a escolha da música, “Como nossos pais”, de Elis Regina, foi feita junto com a mãe e o pai, por ser algo que eles gostavam e escutavam muito na juventude.  “Já me apresentei em outras ocasiões e estou muito feliz, porque ganhar o primeiro lugar era um sonho que se realizou”, afirmou ela, emocionada com a conquista.

Nicole Dornelas, 10 anos, que conquistou o segundo lugar interpretando a canção “Aleluia“, conta que, ao saber do Festival, escolheu a música e a ensaiou com seu professor durante as aulas. “Eu cantei ela diversas vezes, me preparando para a apresentação, mesmo assim, no início, eu estava nervosa, depois fiquei tranquila e bem. Foi ótimo!”, disse ela.

A madrinha Pamela Pereira, conta que a afilhada Isabelly Padilha, de apenas 6 anos, adora cantar, por isso ela resolveu inscrevê-la no festival. “Ficamos sabendo do Festival pelas redes sociais, aí ensaiamos a música diversas vezes em casa e ela se saiu muito bem”. Isabelly foi uma das crianças mais novas a se apresentar e, com um sorriso no rosto, afirmou que vai querer participar de outros festivais. “Foi muito legal, eu me senti no The Voice, quero continuar cantando e me apresentando”. Ela cantou a música “Era uma vez”, interpretada pela cantora Kell Smith.

Para Gustavo Rhian Carniel Barônio, 09 anos, a experiência no palco também foi novidade. “Eu nunca tinha me apresentando e quando soube do Festival, quis vir cantar, aí escolhi a música do Marcos & Belutti, “Aquele 1%” e, junto com meu pai, a ensaiamos continuamente”. O pai de Gustavo, Marcos Barônio, ao contrário do filho, é cantor profissional e está acostumado aos palcos, mesmo assim, disse ter sentindo ansiedade pelo filho. “É emocionante ver ele ali, ainda mais sabendo como é a sensação. Fiquei muito feliz”, afirmou Marcos.

A mãe de Gustavo, Michelly Duany Carniel Baronio, acompanhou a dedicação do filho. “Todos os dias ele ensaiava e, por ver esse empenho, acho que eu estava mais nervosa do que ele, por ser a primeira vez e não saber como seria a reação com tudo. Mas ele adorou, gostou de cantar e já está pensando em participar dos próximos festivais”, contou ela.

Ana Paula Barbosa não tinha nenhum familiar se apresentando, mas foi até o local para assistir. “Eu achei tudo muito bonito e as crianças são muito talentosas. Gostei muito do evento porque acredito que ele seja um incentivo, tanto para as que estão se apresentando hoje, para que sigam com a carreira, quanto para as próximas crianças, que poderão ir se preparando para este momento”, ressaltou.

Confira a classificação dos seis primeiros colocados:

1º lugar: Mayara Lindsey Klipstein da Silva (Colégio Águia)

2º lugar: Nicole Dornelas (Colégio Integral)

3º lugar: Henrique Beber (Colégio Estadual La Salle)

4º lugar: Isabel de Oliveira (Escola São Caetano- Irmãs Teatinas)

5º lugar: Flávia Choynski (Escola Municipal São João Batista de La Salle)

6º lugar – Prêmio Revelação: Fernanda Venâncio Toldo (Colégio Integral)

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários