Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Pato Branco sediará II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste

O evento reunirá prefeitos, gestores públicos, empresários, estudantes e demais interessados no uso da tecnologia para promoção do crescimento e desenvolvimento regional 

 

Já estão abertas as inscrições para o II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste Paranaense, organizado pela Rede Cidade Digital (RCD), em parceria com a Prefeitura de Pato Branco e Associação dos Municípios do Sudoeste (Amsop). O evento acontece no dia 25 de fevereiro, no Centro Regional de Eventos, das 08h às 17h, e destacará iniciativas de cidades digitais e inteligentes que estão à frente no processo de desenvolvimento socioeconômico no país. As inscrições são gratuitas para servidores públicos e devem ser feitas pelo http://forum.redecidadedigital.com.br/patobranco.

Em 2015, Pato Branco foi reconhecida enquanto Cidade Digital pela RCD, devido as ações da municipalidade que utilizam a tecnologia para atender as demandas da população,assim como pelo estímulo à vocação inovadora e ao empreendedorismo local.

O secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Dutra, destaca os projetos de estruturação feitos a partir da interligação dos prédios públicos, via fibra óptica, a implantação de câmeras de vigilância, inclusão digital na Rede Municipal de Educação com a oferta de tablets educacionais, somados à distribuição do sinal gratuito de internet na praça Presidente Vargas, assim como com a modernização da coleta de lixo, que conduziram o município a ser reconhecido como Cidade Digital.

Outro destaque importante é a Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação – Inventum, que na segunda edição, realizada em 2015, reuniu mias de 60 mil visitantes. “O uso da tecnologia na Educação é um dos principais fatores para o desenvolvimento municipal, aliado à participação de universidades no processo para desenvolvimento de softwares. Atualmente, disciplinas de inteligência criativa, com aulas de robótica e programação, fazem parte do currículo escolar em Pato Branco. Tudo isso é fortalecido na Inventum”, ressalta Géri, lembrando que a construção do Tecnológico está em fase final – estrutura que receberá empresas e a Incubadora Municipal.

 O Fórum

A primeira edição regional do evento aconteceu em 2015, em Francisco Beltrão, e reuniu representantes de 35 localidades, de três estados. Desta vez, segundo o diretor da RCD, José Marinho, a ideia é apresentar modelos e soluções que possam contribuir com o planejamento, principalmente, dos 42 municípios que integram a região.

Conforme Marinho, as Tecnologias da Informação e Comunicação devem direcionar ainda mais recursos para as cidades e impulsionar processos que possibilitem tornar os serviços públicos mais ágeis e as localidades mais atrativas para receber novos investimentos.

“O Sudoeste é uma região que desponta na área e Pato Branco se tornou um grande polo tecnológico”, observou o diretor da RCD, ressaltando que a cidade sede do II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste conta, inclusive, com uma Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação exclusiva, a qual desenvolve uma série de ações na localidade. “Isto permite a estruturação de uma política pública sólida e eficiente neste segmento”, afirma Marinho.

Cidades Digitais

Um mapeamento feito pela Rede Cidade Digital no ano passado mostra que mais da metade das cidades do Sudoeste (58%) possui alguma iniciativa digital, com destaque para investimentos pelas Prefeituras em internet gratuita e câmeras de segurança.

“O ponto importante é o grande interesse de prefeitos e gestores em iniciar ou aprimorar os processos em seus municípios, sendo o Fórum o encontro para troca de experiências e de soluções para as cidades”, completou o diretor da RCD.

Carta do Sudoeste

Em 2014, a implantação de projetos de cidades digitais já era um dos itens apontados na Carta do Sudoeste para melhorar a comunicação nos municípios. O documento, que reúne as principais reivindicações da região para o desenvolvimento, feito a cada quatro anos, é entregue aos principais candidatos ao Governo do Estado, Presidência da República, Assembleia Legislativa do Paraná e ao Congresso Nacional.

A Carta é uma ação elaborada em conjunto pela Amsop, Associações das Câmaras Municipais do Sudoeste do Paraná (Acamsops), Agência de Desenvolvimento Regional do Sudoeste do Paraná, Grupo Gestor do Território do Sudoeste do Paraná, além da participação de mais de 80 entidades organizadas.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários