Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura promove a 7ª Conferência Municipal do Idoso

O encontro foi promovido pelo Município de Pato Branco, por meio da Secretária Municipal de Assistência Social, juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos do Idoso

 

Na quinta-feira, dia 22, o Largo da Liberdade ficou lotado com a presença de centenas de pessoas que participaram da 7ª Conferência Municipal do Idoso. A intenção foi propor ações seguindo a temática do evento: “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas”. Na ocasião, também foram eleitos os delegados que participarão da Conferência Estadual. Aconteceu, também, a eleição das novas entidades que assumirão o Conselho Municipal dos Direitos do Idoso.

A Conferência foi promovida pelo Município de Pato Branco, por meio da Secretária Municipal de Assistência Social, e Conselho Municipal dos Direitos do Idoso. Participaram do encontro diversas entidades que atuam junto à pessoa idosa, entre elas, CEU das Artes e do Esporte, Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, Universidade Aberta à Terceira Idade da Faculdade de Pato Branco (Unati – Fadep), Viver Mais Unimed, CRAS, CREAS, Centro Dia, APAE e, também, professores e acadêmicos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e Comunidade Rotária.

Ambas as entidades, UTFPR e Comunidade Rotária, também estão envolvidas com uma pesquisa que busca captar informações para o “Programa Cidade Amiga do Idoso”, certificação concedida pela Organização Panamericana da Saúde (OPAS) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), tendo em vista as ações que Pato Branco desenvolve voltadas à qualidade de vida da pessoa idosa.

Durante a Conferência, os presentes foram divididos em grupos para propor ações voltadas aos quatro eixos: Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas: Saúde, Assistência Social, Previdência, Moradia, Transporte, Cultura, Esporte e Lazer; Educação: assegurando direitos e emancipação humana; Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa; e os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, participou da Conferência e avaliou a importância de eventos voltados a políticas públicas. “É de fundamental necessidade elaborarmos propostas para a melhoria da qualidade de vida, sempre pensando no bem-estar de todos e, em especial, para as crianças, jovens e idosos, estes que tanto já fizeram por nós. Fazendo com que o reconhecimento de “Cidade Amiga do Idoso” seja mais do que um título e, sim, uma realidade de cuidado e respeito”, afirmou Zucchi.

De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Anne Cristine Gomes da Silva Cavali, a participação de diversas pessoas colaborou para que as propostas fossem mais diversificadas. “Foi um dia muito especial, um momento democrático, onde as pessoas puderam colocar suas necessidades e intenções enquanto pessoa idosa, para que possamos fazer uma reavaliação no nosso Plano Municipal. É a partir do resultado da Conferência que iremos pensar ações e políticas públicas para a pessoa idosa em Pato Branco”, explicou Anne.

Homenagem

Ainda durante 7ª Conferência Municipal do Idoso, foi organizado um momento para homenagear os centenários de Pato Branco que participam do evento: Aurora Pelepenko (110 anos), residente no Bairro Jardim das Américas; Luiza Corade Fiorentin (100 anos), Bairro Fraron; Valdinho Ribeiro da Silva (106 anos), reside no Lar dos Idosos São Vicente de Paulo; Laurinda Valendorf Moraes (100 anos), Bairro Planalto e Maria Antonia Vaz (106 anos), Bairro Planalto.

Para Maria Antonia Vaz, a Vó Antônia, como é conhecida na cidade, o encontro com tantas pessoas pensando no bem-estar dos idosos é algo a ser elogiado. “Não tem coisa melhor, é assim que nós ficamos felizes, com todos ajudando, pensando e contribuindo”, concluiu ela.

Conselho Municipal dos Direitos do Idoso e Conferência Estadual                          

Ao final, foram eleitos os membros que irão compor o Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, no período de 2019 a 2021, e os delegados que irão para a Conferência Estadual, que acontecerá em junho de 2019.

As entidades que atuarão no Conselho serão: APAE, API, União de Bairros, NUCRESS, UNIMED, Igreja do Evangelho Quadrangular, Unati – Fadep, Pastoral da Pessoa Idosa, Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, Comunidade Rotária, Associação Funcionários da UTFPR e Secretarias Municipais.

Para a Conferência Estadual, os eleitos como delegados foram:

 

Rony Slavieiro – representante do Setor Governamental

Caroline Dambros Marçal – representante do Setor Governamental

Rubenir Cadernal – representante da Sociedade Civil

Danilo Terres – representante da Sociedade Civil.

 

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários