Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Dia Ativo reuniu mais de 500 idosos em atividades culturais e esportivas

Evento foi promovido pela Prefeitura de Pato Branco e integrou grupos da Terceira Idade

Um dia preparado especialmente para integrar e fortalecer os mais diversos grupos de idosos de Pato Branco em atividades culturais e esportivas. Assim pode ser definido o Dia Ativo, realizado na sexta-feira (28), que reuniu mais de 500 idosos no Largo da Liberdade e no CTG Carreteando a Saudade. O evento foi promovido pela Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, em conjunto com o Conselho Municipal dos Direitos dos Idosos (CMDI), a Comissão Cidade Amiga do Idoso, Rotary Club Pato Branco Vila Nova, Secretaria Municipal de Saúde, União de Bairros e CTG Carreteando a Saudade.

O Dia Ativo integrou grupos da Terceira Idade, que, semanalmente, participam de atividades e ações. Durante o encontro foram realizadas atividades como vôlei gigante, truco, trilha, dominó, xadrez, canastra, caxetão, pontinho e bocha. Ao meio dia foi servido um delicioso almoço e, no fim do dia, foram divulgados os vencedores do concurso de dança de salão e a Miss, Sra. Rita Toldo e o Mister, Sr. Adalirio Toldo, para representar Pato Branco no Dia Ativo Regional, que acontecerá em setembro, no município.

Na dança de salão, no ritmo xote, Atagibe de Santos e Belirdes Santos, da Associação Pato-branquense de Idosos (API), foram os ganhadores. Américo Bez e Gertrudez Pessato, também da API, conquistaram o primeiro lugar no tango e, Joel Vencão e Irene Nunes, do CRAS Sudoeste, venceram no ritmo de valsa.

O prefeito Augustinho Zucchi ressaltou que Pato Branco recebeu o título de Cidade Amiga do Idoso, que poucas cidades do Brasil possuem, e que isso é reflexo do trabalho realizado em prol da Terceira Idade.  “É importante nas reuniões com nossos idosos fazer uma explanação de tudo o que acontece no município, porque tem algo que eles têm e que não encontramos em qualquer lugar, que é a experiência de vida. Que sempre tenhamos a possibilidade de contar com eles para que sejam os balizadores da sociedade moderna que temos”, destacou.

A secretária municipal de Assistência Social, Anne Cristine Gomes da Silva Cavali, afirmou que ações articuladas entre entidades públicas resultam em eventos como o Dia Ativo. Segundo ela, de maneira intersetorial, Pato Branco se destaca cada vez mais e é reconhecida, mundialmente, pelas políticas públicas promovidas neste setor. “Reunir os grupos de idosos para que participem de atividades esportivas, culturais e de integração social proporciona qualidade de vida e torna essa população mais ativa na sociedade”, salientou.

A Secretaria Municipal de Saúde, conforme afirmou a secretária Márcia Fernandes de Carvalho, mostrou à terceira idade pato-branquense que seu papel não é apenas curativo, mas de prevenção. “Estar com eles neste momento foi muito importante, pois os incentivamos a buscarem ainda mais pela qualidade de vida e por medidas para terem uma saúde cada vez melhor”, ressaltou.

O secretário de Esporte e Lazer, Paulo Vicente Stefani, enfatizou que o público participou das mais diversas atividades esportivas e culturais e que terão a oportunidade de representar Pato Branco, na fase regional do Dia Ativo. “Buscamos trazer diversas modalidades para integrar nossos idosos e para que fortaleçam a prática esportiva e ganhem mais qualidade de vida”, evidenciou.

Bem viver

Das mais distintas idades e grupos, a alegria é unânime entre os participantes de mais uma edição do Dia Ativo. Rosa Giacomini Merlo, do Viver Mais Unimed, contou que não há coisa melhor para fazer nesta faixa etária do que participar deste evento. “Se eu for até os 100 anos, quero continuar participando, porque isso me deu vida. A Prefeitura de Pato Branco promovendo essa integração, vem contribuir, e muito, para o nosso bem viver”, ressaltou.

Participantes do CRAS Sudoeste e CEU das Artes e do Esporte, Leonilda Cecília Schimanko e Suely Dalau, enfatizaram que o Dia Ativo é um dos eventos mais esperados do ano. “Eu vim de outra cidade e lá não tinha isso. Em Pato Branco a terceira idade é muito bem tratada”, disse Leonilda. Para Suely, atividades como essa lhe ajudam a superar problemas de saúde e lhe dão ânimo para viver. “Eu queria ter ficado velha há 40 anos, pra ter essa vida que eu tenho hoje. Eu amo estar aqui”, salientou.

Geraldo Saturnino de Paula, conselheiro do CMDI, emocionado, tentou expressar o sentimento de participar do Dia Ativo. “Nosso propósito é defender o idoso e eventos como esse trazem alegria, experiência de vida. É onde as pessoas se sentem felizes”, finalizou.

Cidade Amiga do Idoso

Pato Branco foi o terceiro município do Brasil e o primeiro do Paraná, certificado no Programa Cidade e Comunidades Amigáveis com a Pessoa Idosa, concedida pela Organização Panamericana da Saúde (Opas) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A certificação aconteceu em junho de 2018, em virtude das ações voltadas à qualidade de vida e à longevidade da terceira idade, realizadas pela Prefeitura de Pato Branco, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos dos Idosos, Comissão Rotária e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários