Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Casa Temática recebe exposição pelos 50 anos da Matriz São Pedro Apóstolo

Quando a história de uma edificação converge com a história de uma cidade. Assim pode ser resumida a exposição “Comunidade é igreja”, idealizada pela Paróquia São Pedro Apóstolo na Casa Temática de Pato Branco, que revisita a construção da Matriz São Pedro Apóstolo e celebra os seus 50 anos de inauguração. A abertura aconteceu na noite desta quarta-feira (24), apresentando fotos e maquetes que mostram, ainda, casas até mais antigas que a matriz e que resistem ao tempo. A iniciativa conta com apoio da Faculdade Mater Dei na organização e com a colaboração de diversos pato-branquenses.

Esta é a primeira exposição realizada na Casa Temática, utilizada como morada do Papai Noel e do Coelho da Páscoa nos tradicionais eventos turísticos promovidos pela Prefeitura. Para o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, ao sediar a exposição, o espaço cumpre seu papel enquanto ponto de encontro das famílias e referência à história e à identidade de Pato Branco.

“Pato Branco se forjou através da fé do seu povo e do trabalho de sua gente. Temos aqui a memória, onde a construção da matriz significa o empenho, a fé e a esperança dos pioneiros que fizeram a nossa cidade”, ressaltou Zucchi.

Quem visitar a exposição poderá ver, em mesma escala, maquetes da atual e da primeira igreja situada na praça Presidente Vargas, datada de 1938, e que deu lugar à matriz. Aliás, a primeira ficava onde hoje é o chafariz. Além de curiosidades como esta, a população poderá conhecer casas cinquentenárias, urbanas e rurais. Doze delas são de Pato Branco; outras duas, as mais antigas, são de cidades da região.

A construção da matriz, iniciada em 1960, contou com o trabalho voluntário de pioneiros. Por isso, ao recontar essa história, a exposição reverencia famílias pato-branquenses e também homenageia os frades franciscanos que passaram pela cidade nesses 50 anos – Frei Policarpo Berri está representado em um boneco, dando a sua tradicional bênção aos visitantes da exposição.

“Nós frades queríamos fazer algo diferente para esses 50 anos da matriz, por termos recordação e carinho pela história, também por fazermos parte dela. Quem virá, terá uma ideia de como era a igrejinha anterior, que os mais jovens não conheceram. Tivemos a contribuição de muitas pessoas que nos emprestaram suas fotos, inclusive de outros pontos da cidade, e queremos agradecer a todos”, disse o frei da Paróquia São Pedro Apóstolo, Joarez Foresti.

Há três anos a Faculdade Mater Dei realiza o trabalho de inventário das residências da cidade com mais de 50 anos, conforme relata o organizador da exposição, professor de Arquitetura da instituição de ensino, Marco Antonio Minozzo Gabriel. “Utilizamos o trabalho que já estava sendo feito pelos alunos, complementando com uma grande maquete da igreja antiga e da atual no ano da inauguração. Queremos que a comunidade se identifique com o edifício da matriz e com as residências, por isso elas estão juntas, para sensibilizar sobre a importância dos patrimônios históricos”, frisou.

Visitação

A exposição “Comunidade é igreja” integra a programação da Festa de São Pedro Apóstolo. A visitação segue até domingo (28). Nestas quinta e sexta-feira (25 e 26), o local estará aberto das 19h às 22h. No sábado e domingo (27 e 28), das 14h às 22h.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários