Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Pato Branco realizou Conferência Municipal de Assistência Social

Na quinta-feira, dia 22, foi realizada a XI Conferência Municipal de Assistência Social. O encontro, promovido pela Secretaria de Assistência Social e pelo Conselho Municipal de Assistência Social, teve o objetivo de discutir ações e metas para o atendimento em Assistência Social, o fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e realizar a eleição dos delegados que participarão da XII Conferência Estadual de Assistência Social. O encontro foi realizado no Largo da Liberdade e contou com a presença dos membros das entidades promotoras, secretários e a comunidade em geral.

Uma das atividades principais da Conferência foi propor ações a serem executadas, por isso, durante a abertura, a secretária de Assistência Social, Anne Cristine Gomes da Silva, realizou um breve resgate histórico das propostas elencadas na última conferência, mostrando que a maioria foram executadas, entre elas, a de criar centros de convivência para crianças, jovens, adultos e idosos, a de implantar laboratórios de informática, salas de costura e salão de beleza e, ainda, oferecer qualificação profissional.

Essas ações já são realidade, com espaços de convívio e para realização de atividades no Largo da Liberdade, no CEU das Artes e do Esporte, na Praça Presidente Vargas e em inúmeros outros espaços públicos da cidade. Na Secretaria de Assistencial Social, mais de 40 ações são realizadas, como o projeto Ser Mulher, onde diversas atividades são realizadas, entre elas: cursos de informática, corte e costura e salão social. Projetos de qualificação profissional também são realizados, como a oficina de panificação e preparo de geleias.

“Propomos novas metas transformarmos em realidade. Sempre visando o desenvolvimento igualitário dos cidadãos de nossa cidade. Queremos propostas para atender nossas famílias, gerando oportunidades de crescimento e de mudança social”, explicou a secretária de Assistência Social.

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, também esteve no encontro e enalteceu a importância de pessoas capacitadas estarem à frente da Secretaria, não promovendo assistencialismo e, sim, buscando soluções para mudanças sociais. “Temos que promover o empoderamento das pessoas, o fortalecimento das famílias e o apoio das entidades para garantir direitos”, falou o prefeito.

O presidente da Câmara de Vereadores, Carlinho Polazzo, ressaltou as conquistas do Munícipio até o momento. “Nossa sociedade se organiza e participa dos conselhos, debate, discute e propõe ações. Isso desenvolve nosso senso crítico e nos faz sermos politizados, por isso Pato Branco é uma cidade referência”, ressaltou Polazzo.

A presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Ana Laura Dal Molin, agradeceu a presença de todos e ressaltou que a participação de cada um contribui na construção de políticas públicas para a Assistência Social. “Elaborar projetos de qualidade e que beneficiem a população, esse é o objetivo do Conselho e da Conferência”, afirmou ela.

XI Conferência Municipal de Assistência Social

A programação da Conferência começou com o credenciamento dos participantes, após, uma apresentação com os alunos que participam do programa AABB Comunidade. Dando sequência, foi realizada a abertura e o início dos trabalhos com a realização das palestras: “Garantia dos Direitos no Fortalecimento do Suas” e “Gestão Municipal da Política de Assistência Social”.

No período da tarde, os participantes se dividiram em 4 grupos de trabalho, para que cada um deles elaborasse ações e propostas para os quatro eixos: 1) a proteção social não-contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistênciais; 2) gestão democrática e controle social: o lugar da sociedade civil no Suas; 3) acesso às seguranças socioassistências e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistênciais; 4) a legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistênciais.

Os participantes também elegeram os delegados que irão participar da XII Conferência Estadual da Assistência Social: Carlos Gnoatto foi escolhido delegado e Rosangela Angeli sua suplente.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários