Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Nova Feira de Adoção de Cães e Gatos acontece neste sábado, dia 29

Paralelamente, em Pato Branco, Polícia Militar atende denúncias de maus tratos a animais

Neste sábado, dia 29, o Município de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e em parceria com o Conselho Municipal de Proteção dos Animais (Compato), realizará a 14ª Feira de Adoção de Cães e Gatos. Nesta edição, cerca de 60 animais estarão na feira, esperando por um novo lar. A iniciativa conta com a parceria da ONG Anjos Protetores e da Associação Lima de Proteção aos Animais (ALPAPB). A feira será das 08h30 às 12h30, na rua Goianazes, atrás do Pavilhão São Pedro, no acesso à feira do produtor.

Os cães e gatos disponíveis para adoção foram resgatados das ruas ou encontravam-se em situações de risco. Atualmente, as feiras estão sendo promovidas mensalmente e, em paralelo, ações de conscientização sobre o cuidado e o respeito com os animais estão sendo promovidas pelo Município com o apoio de ONGs de proteção e acolhimento animal.

Recentemente, em Pato Branco, as denúncias de maus tratos passaram a ser atendidas pela Polícia Militar, através do 190, com a realização de B.O. (Boletim de Ocorrência). Os maus tratos contra animais são criminalizados pela Lei 9.605/98, em seu artigo 32, que prevê pena e detenção de três meses a um ano, além de multa, em casos de abuso, maus-tratos, violência ou mutilação de animais silvestres, domésticos, domesticados, nativos ou exóticos. Caso o animal venha a óbito, a pena pode ser aumentada de um sexto a um terço.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Nelson Bertani, a mudança pretende coibir ainda mais os maus tratos praticados contra os animais. “As denúncias serão fiscalizadas pela PM, que irá até o local seguindo todos os trâmites legais, cumprindo a Lei Federal. Acreditamos que isso irá inibir os maus tratos e demonstrar a seriedade que a situação exige. Lembramos que a intervenção policial pode ser evitada, basta que cada um trate com cuidado e respeito o seu animal de estimação”, afirma Bertani.

“Também queremos continuar contanto com a participação da população, fiscalizando ou denunciando as práticas abusivas, inclusive, quando possível, anotando placas de veículos cujos proprietários abandonam os animais. Pato Branco possui uma comunidade bem ativa na causa dos animais, acolhendo-os quando necessário, buscando soluções e melhorias. Isso é fundamental para acabarmos com o abandono, promovermos a adoção consciente”, ressaltou Bertani.

As feiras realizadas pelo Município iniciaram em 2014 e, desde então, oportunizaram a adoção de 561 animais em Pato Branco. Após adotados, eles são castrados e chipados, gratuitamente, pelo Programa Municipal de Controle Populacional de Animais de Rua, que desde 2014 atendeu 1200 cães e gatos com o procedimento cirúrgico – a iniciativa conta com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente e do Município.

Para fazer a adoção, é necessário ter mais de 18 anos, apresentar RG, CPF, comprovante de residência e preencher o termo de adoção que será fornecido na feira. Mais informações sobre as feiras de adoção ou sobre o Programa Municipal de Controle Populacional de Animais de Rua, podem ser obtidas na Secretaria de Meio Ambiente, junto a Prefeitura, ou pelo 3220-1505.

Conscientização permanente

O Município de Pato Branco está realizando a campanha educativa “Quem ama cuida”, que contempla diversas áreas ligadas à administração pública e à cidadania, inclusive ao bem-estar animal. Presente nas redes sociais e no site do Município (http://www.patobranco.pr.gov.br), o material também foi divulgado na imprensa local, distribuído a ONGs da cidade, bem como à comunidade, e traz o seguinte alerta: de acordo com a Lei Federal 9605/98, quem abandona ou maltrata um animal, está cometendo crime e pode ser penalizado por isso.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários