Website oficial do Município de Pato Branco

Memorial Histórico da Praça Presidente Vargas

Para quem reside em Pato Branco, a sensação é que tudo gira em torno da praça Presidente Vargas. Impressão que não vem à toa. É o que demonstra o Memorial Histórico inaugurado em 12 de outubro de 2015, elaborado pela Prefeitura de Pato Branco, por meio do Departamento de Comunicação Social (Decom).

O resgate histórico feito pela Prefeitura aponta o local enquanto palco de diferentes manifestações populares numa trajetória iniciada na década de 1930, quando a cidade ainda era uma vila. Relação evidenciada no decorrer da história, uma vez que a praça se tornou símbolo de saudosismo e orgulho da população, delimitando não somente o anel central, mas traduzindo o contexto social, político, religioso, artístico e econômico do Município.

No monumento, a história é contada com textos e imagens, em sete painéis que ocupam os pórticos situados nas proximidades do chafariz. Os fatos resgatados referem-se a acontecimentos ocorridos na praça.

Entre os temas do memorial, a construção da segunda igreja da cidade, iniciada em 1935; construções que desencadearam a formação do anel central; a mobilização dos colonos na Revolta dos Posseiros em 1957; a construção da Matriz São Pedro Apóstolo, de 1960 a 1965; a visita do presidente João Goulart em 1962; a nevasca de 1965; entre outras curiosidades.

Para pesquisa e regate fotográfico, a iniciativa contou com coordenação da jornalista Jozieli Cardenal e direção de arte do publicitário Iomar Mazinho Bertazo, além da contribuição de Cirene Vanzela Miotto, João de Paula, Neri França Fornari Bocchese, Nelson Colla (in memorian), Rita de Cassia Colla de Almeida Rocha, Rudi Bodanese, Sittilo Voltolini (in memorian) e dos Institutos Prosdócimo Guerra e Theóphilo Petrycoski.